271816_565714_bbm_9174_web_

(Foto: Bruno Miani/Photo&Grafia)

Depois de fazer um ótimo jogo na última quinta feira, e vencer a forte equipe do São Caetano por 35 a 22, o Taubaté Handebol volta ao ABC paulista neste fim de semana para seguimento da Liga Nacional Masculina de Handebol.

Em jogo válido pela terceira rodada da primeira fase da Conferência Sul/Sudeste/Centro, o Taubaté viajará até São Bernardo do Campo para encarar a tradicional Metodista. O jogo acontece neste sábado, 01/10, às 15h no ginásio Baetão.

Neste sábado, 01/10, acontecem ainda outros três jogos:

Liga Nacional Feminina 
14h – Pinheiros (SP) x São Bernardo/Metodista (SP)
Local: Ginásio Henrique Villaboim – Rua Hans Nobiling, s/nº – São Paulo (SP)

17h – Abluhand/Furb/FMD Blumenau (SC) x UnC/Concórdia (SC)
Local: Ginásio do Sesi (Centro Esportivo Bernardo Werner) – Rua Itajaí, 3434 – Blumenau (SC)

Liga Nacional Masculina
16h – Pinheiros (SP) x São Caetano (SP)
Local: Ginásio Henrique Villaboim – Rua Hans Nobiling, s/nº – São Paulo (SP)

295371_644714_img_0087_web_
O Taubaté Handebol foi ao ginásio Marlene José Bento, em São Caetano do Sul (SP), para enfrentar o time da casa na noite desta quinta feira,e acabou levando a melhor.

Depois de um primeiro tempo bastante equilibrado, que terminou em 14 a 13, a equipe taubateana imprimiu um ritmo mais forte na sequência e fechou a partida em 35 a 22.

A artilharia ficou dividida entre Wesley Freitas e Vinícius Teixeira, de Taubaté, e Bruno Santana, de São Caetano, cada um com 6 gols. O técnico taubateano, Marcus ‘Tatá’, disse que foi um jogo atípico pelo volume de confrontos que as duas equipes tiveram nos últimos dias.

“Conseguimos abrir por conta da nossa defesa. Também acredito que o Washington (técnico de São Caetano) tenha poupado mais a equipe dele no final. Eles arriscaram uma defesa mais aberta e um ataque com sete”, descreveu. “O placar não condiz com o que foi o jogo. Até o primeiro tempo estava muito equilibrado. As duas equipes estão com baixas importantes. Nós com a falta do Alemão, do Matheus Perrela e do Thiago, e eles com a falta do Diogo. Nós fizemos mais de oito jogos em duas semanas e acredito que eles também. O resultado mais aberto acredito que tenha sido mesmo porque eles arriscaram jogar mais abertos e tomaram gols de fora”, acrescentou Tatá.

Metodista perde em casa
Já em São Bernardo do Campo (SP), no ginásio do Baetão, o Pinheiros levou a melhor sobre a Metodista/São Bernardo/Besni por 28 a 19 (16 a 8 no primeiro tempo). O Pinheiros teve dois artilheiros no duelo com oito gols cada: Julian Cueto e Leonardo Ferreira.

241707_462296_img_0788

Pivô Toko, do Taubaté

A rodada desta quinta-feira da Conferência Sul/Sudeste/Centro da Liga Nacional Masculina de Handebol terá dois jogos no Grande ABC, com confrontos muito fortes entre as quatro equipes paulistas na competição.

O Taubaté Handebol vai até São Caetano do Sul enfrentar a equipe local nesta quinta-feira, 29/09. O jogo acontece no ginásio EDA, às 19h.

Marcus Tatá, técnico do Taubaté, espera jogo difícil. “São Caetano é um time de alto nível e muito complicado de bater em casa. É um rival direto pela liderança. Acho que será uma partida muito boa tecnicamente. Temos as baixas por lesão do Alemão e do Thiago, que são jogadores importantes, mas esperamos que o nível do time continue igual”, disse.

A outra partida envolvendo paulistas na rodada da Liga Nacional Masculina de Handebol será entre Metodista e Pinheiros, que se enfrentam também nesta quinta-feira, às 19h, no ginásio Baetão, em São Bernardo do Campo.

O Taubaté Handebol venceu sua última partida válida pela fase de classificação do Super Paulistão Masculino de Handebol. Jogando na noite desta terça-feira, os taubateanos venceram Guarulhos, por 47 a 27, jogando na casa do adversário.

Com mais esta vitória, o Taubaté termina com 31 pontos ganhos, na liderança do campeonato, e com uma campanha de 15 vitórias, um empate e nenhuma derrota.

Com o final da primeira fase, Taubaté, São Caetano, Pinheiros e Metodista estão classificados para o Final Four.

“FINAL FOUR”, composto de semifinal, disputa de terceiro lugar e final serão disputadas em única partida, com sede e mando de campo pertencente a FPHb. A entidade ainda não definiu onde acontecerão as partidas decisivas.

O taubaté Handebol, como teve a melhor campanha na primeira fase, tem a vantagem do empate nos confrontos decisivos.

Olympics Day 7 - Swimming

Campeão olímpico em 2012 e grande rival de Cesar Cielo no auge da carreira do brasileiro, o francês Florent Manaudou decidiu se dedicar a um novo esporte. Nesta terça-feira, o nadador de 25 anos surpreendeu ao anunciar que deixará as piscinas um pouco de lado para iniciar uma trajetória em outra modalidade, o handebol.

Manaudou revelou que pratica o handebol há 10 anos e que já iniciou os treinos no clube profissional Aix-en-Provence. O francês ainda explicou que tomou a decisão para “evitar continuar (na natação) sem prazer e pelas razões erradas”.

“Quero preservar e manter intacto o prazer, que tem sido meu motor principal durante estes oito anos (de natação). Por isso, eu decidi fazer um parênteses no meu triplo treinamento cotidiano (dois de natação e um de musculação)”, escreveu Manaudou em uma carta aberta.

Manaudou já explicou que não está abandonando por completo a natação e seguirá disputando algumas competições, como o Campeonato Francês interclubes em novembro, apenas decidiu diminuir a intensidade de seu trabalho. O nadador ainda esclareceu que esta decisão não é permanente e que pode retomar os treinamentos normalmente a qualquer momento.

O francês ficou com o ouro nos 50m livre nos Jogos de Londres, em 2012, quando Cesar Cielo, então atual campeão olímpico da prova, era considerado um dos grandes favoritos. Manaudou ainda conquistou quatro títulos mundiais e faturou duas medalhas de prata na Olimpíada do Rio, nos 50m livre e no revezamento 4x100m livre.

Agora, o nadador vai “dar o melhor e tentar achar uma fonte diferente de prazer” no handebol. Manaudou explicou que se inspirou nos casos dos norte-americanos Anthony Ervin e Michael Phelps, que deram pausas na carreira e conseguiram voltar a competir em alto nível. “Fiquei com a lição de vida dada por Anthony Ervin e sua volta vencedora e a gestão de carreira de Michael Phelps.”

(Via Estadão)

Maik goleiro

Um dos principais jogadores do Taubaté Handebol nos últimos anos se despediu da equipe e já está do outro lado do mundo. O goleiro Maik, que esteve também na Olimpíada do Rio de Janeiro, se transferiu para o Al Ryyan, do Qatar.

A proposta do time qatariano para o goleiro brasileiro de 36 anos veio logo depois da disputa do último Super Globe, em Doha, quando o Taubaté Handebol terminou com a 7ª posição. O jogador já está no Qatar onde está integrado ao novo clube.

Pelo Taubaté, Maik jogou de 2013 a 2016. Foram quatro títulos Pan-Americanos de Clubes (2013, 2014, 2015 e 2016); duas Ligas Nacionais (2013 e 2014) e um Campeonato Paulista (2015).

Terminou neste domingo (25) o primeiro turno da Copa Centro-Oeste Masculina e Feminina de Handebol. Com todos os jogos realizados no Ginásio da UFMT de Cuiabá (MT), os destaques até agora foram a Força Atlética/Governo de Goiás/Estácio de Sá (GO), entre as meninas, e a AASHB/Sinop (MT), entre os homens.

Na rodada de hoje, a Força Atlética/Governo de Goiás/Estácio de Sá (GO) goleou o CFC (GO) por 36 a 16 (19 a 8 no primeiro tempo) e teve Ana Carolina Goes, ao lado de Isadora Arruda, do time adversário, como artilheiras, com sete gols cada. Já a AASHB/Sinop (MT) bateu o CNDL/CEFHA (MT) por 30 a 23 (13 a 12), com Emily Lopes, com dez bolas na rede, como goleadora do duelo.

No masculino, o SAB/FC (GO) goleou o Arenc/Nova Crixás (GO) por 45 a 29 (22 a 11) e ainda contou com Rafael Carvalho como artilheiro, com dez arremessos certeiros. Já a partida final do turno entre ASHb/Sicredi/Sorriso (MT) e AASHB/Sinop (MT) foi extremamente equilibrada. Depois de vencer o primeiro tempo por 14 a 7, a equipe de Sinop (MT) só ganhou por um gol de vantagem (24 a 23) e teve Enrico Geronimo como artilheiro, com sete gols marcados.

O próximo turno da Copa Centro-Oeste será realizado em Anápolis (GO), de 28 a 30 de outubro.

Tabela – Copa Centro-Oeste

Feminino

Sexta-feira (23)
AASHB/Sinop (MT) 43 x 13 CFC (GO)
CNDL/CEFHA (MT) 23 x 34 Força Atlética/Governo de Goiás/Estácio de Sá (GO)

Sábado (24)
AASHB/Sinop (MT) 21 x 22 Força Atlética/Governo de Goiás/Estácio de Sá (GO)
CNDL/CEFHA (MT) 30 x 23 CFC (GO)

Domingo (25)
CFC (GO) 16 x 36 Força Atlética/Governo de Goiás/Estácio de Sá (GO)
CNDL/CEFHA (MT) 23 x 30 AASHB/Sinop (MT)

Masculino

Sexta-feira (23)
AASHB/Sinop (MT) 35 x 31 SAB/FC (GO)
ASHb/Sicredi/Sorriso (MT) 36 x 21 Arenc/Nova Crixás (GO)

Sábado (24)
AASHB/Sinop (MT) 44 x 29 Arenc/Nova Crixás (GO)
ASHb/Sicredi/Sorriso (MT) 33 x 24 SAB/FC (GO)

Domingo (25)
Arenc/Nova Crixás (GO) 29 x 45 SAB/FC (GO)
ASHb/Sicredi/Sorriso (MT) 23 x 24 AASHB/Sinop (MT)