Arquivos para categoria: Super Paulistão Masculino

IMG_1649.JPG

Jogando na noite desta terça-feira, no ginásio da Emecal, em Taubaté, o Handebol Taubaté venceu mais um jogo pelo estadual, e segue com 100% de aproveitamento após 15 rodadas nesta primeira fase.

Diante do São Caetano, os taubateanos não encontraram grandes dificuldades em vencer por 38 a 18.

O próximo jogo do Taubaté será pela Liga Nacional. Neste sábado, 23/09, o time visita o EC Pinheiros, em São Paulo, em um dos clássicos do handebol nacional. O jogo começa às 16h00.

Pelo Paulistão, o Taubaté volta a jogar dia 03/10, pela última rodada da primeira fase, novamente contra o EC Pinheiros, fora de casa.

Anúncios
300707_663391_image_web_

Vinicius Teixeira, pivô do Taubaté (Foto Divulgação)

Jogando na noite desta quarta-feira, 13/09, o Handebol Taubaté venceu mais uma partida válida pelo Super Paulistão Masculino. Atuando fora de casa, em São Bernardo do Campo, os taubateanos venceram a Metodista por 31 a 21.

Com a vitória, o Taubaté segue na liderança da 1ª fase. Até agora foram 14 vitórias em 14 jogos disputados, somando 28 pontos.

O próximo jogo do Handebol Taubaté pelo Super Paulistão será na terça-feira, 19/09, em casa, quando receberão o São Caetano. O jogo será no ginásio da Emecal, em Taubaté, e começa às 19h. Entrada gratuita.

Jogando na tarde do último sábado, o Handebol Taubaté venceu mais uma partida pelo Super Paulistão Masculino. Dessa vez, os comandados do técnico Marcus Tatá venceram a Hebraica por 42 a 23, em jogo válido pela 13ª rodada da primeira fase.

O próximo compromisso dos taubateanos pelo estadual de handebol será no dia 13 de setembro, quando visitarão a Unip/São Bernardo, às 19h.

Antes disso, o Handebol Taubaté recebe o Maringá, pela 2ª rodada da Liga Nacional Masculina. Este jogo será nesta quinta-feira, 7 de setembro, feriado da Independência, no ginásio da Emecal, em Taubaté, e começa às 19h.

Jogando na tarde do último sábado, 26/08, fora de casa, o Handebol Taubaté venceu a equipe de Franca por 42 a 19, pela 12ª rodada do Super Paulistão Masculino. A vitória mantém os taubateanos na liderança, com 24 pontos ganhos.

Em 12 jogos disputados até agora, foram 12 vitórias, aproveitamento de 100% com o melhor ataque do campeonato até agora, tendo assinalado 427 gols.

O Taubaté volta à quadra pelo Super Paulistão Masculino de Handebol no próximo sábado, 02/09, quando recebe a Hebraica, no ginásio da Emecal, em Taubaté. Este jogo começa às 16h. Entrada gratuita.

Em um jogo tenso – dentro e fora de quadra – disputado na noite desta quinta-feira, 27/10, em Taubaté, o Taubaté Handebol não conseguiu igualar a série final do Super Paulistão Masculino de Handebol, e acabou derrotado pelo E.C. Pinheiros por 22 a 26 (13 a 15 no primeiro tempo).

Com o resultado, o Pinheiros conquista o título estadual masculino, pois já havia vencido a primeira partida por 26 a 23, na terça feira.

O jogo
Comandando o placar por praticamente todo o jogo, o Pinheiros mostrou mais consistência nos ataques e melhor aproveitamento nas roubadas de bola. O Taubaté, mesmo contando com todos os seus jogadores, não conseguiu se encontrar na partida, cometendo muitos erros de ataque e não conseguindo encaixar um ritmo de jogo para diminuir a vantagem.

O primeiro tempo foi de amplo domínio do Pinheiros no marcador, e o goleiro Marcão garantiu a vitória com uma ótima atuação. O Taubaté esboçou uma reação no final da primeira etapa, quando diminuiu a diferença para apenas 2 gols.

Na volta do intervalo, o Pinheiros retomou o controle do jogo e seguiu com vantagem confortável, variando de 3 a 4 gols. Somente próximo aos 20 minutos do segundo tempo que o Taubaté realmente mostrou força e reagiu na partida. Apoiado por sua torcida, que compareceu em bom número ao ginásio da Emecal, os taubateanos chegaram a empatar o jogo em 22 a 22.

No entanto, o goleiro Marcão seguiu fazendo defesas decisivas, e o ataque da equipe paulistana manteve o bom aproveitamento. Fim de jogo, festa do Pinheiros em plena casa taubateana.

Cenas lamentáveis na arquibancada
Nota opinativa, por Ronaldo Casarin:

O fato triste fica por conta, mais uma vez, da postura desagradável e irresponsável de integrantes da “torcida” do E.C. Pinheiros. Perto dos 10 minutos do segundo tempo, um dos atletas do Pinheiros que não estava relacionado para o jogo – não consegui identificá-lo -, passou atrás do banco de reservas do Taubaté, e fez comentários a um de seus companheiros em quadra, claramente em tom de provocação aos taubateanos.

Dois integrantes da comissão técnica do Taubaté não gostaram da postura do atleta e iniciaram um bate-boca. Torcedores locais viram o ocorrido e começaram a se aglomerar no setor da arquibancada onde a discussão acontecia.

O bate-boca esquentou e um empurra-empurra iniciou-se, com ameaças e xingamentos. Na confusão generalizada, uma cadeira foi arremessada, tendo atingido o tal atleta pinheirense que começou toda a confusão.

A segurança do ginásio e guardas municipais chegaram rapidamente para apaziguar os ânimos e garantir que nenhum outro incidente ocorresse.

Vale lembrar que o histórico de confusões iniciadas por atletas e/ou torcedores do Pinheiros em decisões em Taubaté não é novo. Em pelo menos duas oportunidades houve confusão nas arquibancadas por conta da postura infantil dos pinheirenses em provocar o público local.

Os mais recentes fatos foram nas finais do Pan-Americano de Clubes de 2014 e 2015, onde nas duas ocasiões, também por conta de provocações dirigidas aos taubateanos, os pinheirenses causaram tumulto nas arquibancadas.

Se dentro de quadra a equipe paulistana foi nota 10 pelo título conquistado, do lado de fora, só reforçou sua péssima imagem e tradição de clube elitista.

284171_606516_bbm_9575A noite de hoje será de decisão no ginásio da Emecal, em Taubaté, com a segunda partida da série melhor de três da final do Super Paulistão Masculino de Handebol. Após ser derrotado fora de casa na última terça feira, o Taubaté Handebol, precisa obrigatoriamente vencer a partida, para assim forçar o terceiro e decisivo jogo.

Na última terça feira, no ginásio do E.C. Pinheiros em São Paulo, a primeira partida foi muito difícil para o Taubaté, que sentiu principalmente o desfalque do armador André. O Pinheiros liderou o placar durante praticamente todo o jogo, e venceu por 26 a 23.

Para a noite de hoje, o técnico Marcus Tatá terá dois importantes retornos. O ponta Cléber Andrade e o armador André retornam ao time após se recuperarem de contusões. O único desfalque será do ponta Hidalgo.

Taubaté e Pinheiros jogam hoje, às 19h15, no ginásio da Emecal, em Taubaté. A entrada é gratuita.

14725736_775678502573327_3158000673857208342_n

Depois de atravessar toda a disputa do Super Paulistão Masculino de Handebol de forma invicta, o Taubaté Handebol acabou conhecendo sua primeira derrota na competição. E foi num momento delicado.

Na noite desta terça-feira foi disputada a primeira partida da série melhor de 3 da final do estadual. Jogando em São Paulo, o E.C. Pinheiros foi melhor e comandou o marcador em praticamente todo o jogo, impondo ao Taubaté a derrota por 26 a 23.

Com o resultado, o Taubaté precisa agora vencer as duas próximas partidas decisivas para ficar com o bicampeonato paulista. O segundo jogo acontece já nesta quinta-feira, às 19h15 no ginásio da Emecal, em Taubaté. Em vencendo, a decisão do título será no domingo, 30/10, às 17h, no mesmo ginásio da Emecal.

Se o Pinheiros vencer a partida, fica com o título.