Morten Soubak, técnico da Seleção Feminina

Morten Soubak, técnico da Seleção Feminina

O dinamarquês Morten Soubak, técnico da Seleção Feminina de Handebol, fez boa avaliação da semana de treinamentos na Europa, a penúltima antes do Mundial Feminino da Dinamarca, competição em que o Brasil defende o título, de 5 a 20 de dezembro.

As brasileiras ficaram concentradas na Ilha de Fuerteventura, no Arquipélago das Canárias, Espanha, de 4 a 11 de outubro. No local, a Seleção realizou um jogo treino com a Suécia, treinamentos específicos, sendo dois junto com a equipe europeia, trabalho de musculação e reuniões.

“A fase foi muito proveitosa, pois tudo estava no mesmo complexo. A hospedagem, ginásio, academia, piscina e refeitório ficavam no mesmo lugar. Dos quartos até o ginásio não demorava mais do que dois minutos. Não precisamos de transporte para nada. Com isso, ganhamos horas durante a semana para trabalhar. Gostamos demais do local”, contou Morten.

Além da estrutura, o técnico elogiou os treinamentos em conjunto com a Suécia e a intensidade do amistoso realizado contra as europeias. “Os treinos foram muito positivos. Conseguimos trabalhar a parte técnica e tática. Já fizemos esse tipo de atividade em conjunto com a Romênia e a Noruega neste ano e ainda faremos com a Polônia antes do Mundial da Dinamarca. É sempre bom esse tipo de treinamento. A intensidade é muito maior. O jogo treino também foi ótimo. Conseguimos fazer observações importantes”, afirmou. “No geral, a avaliação da semana de treinamentos foi muito satisfatória”, completou Morten.

O técnico destacou ainda o bom desempenho das atletas durante os trabalho, principalmente de Eduarda Amorim, que volta de cirurgia no joelho esquerdo, e Fabiana Diniz, a Dara, capitã da Seleção Feminina, recuperada de trombose venosa na perna esquerda. “Todas as meninas treinaram bem. Para a Duda falta um pouco mais de ritmo de jogo, mas acredito que em dezembro ela já esteja no melhor da forma física. A Dara já está 100%, voltou muito bem. As meninas novas também agradaram bastante. Elas precisam de mais tempo com o grupo, mas fizeram grande trabalho na Espanha”, avaliou.

A Seleção Feminina volta a se reunir no dia 24 do próximo mês, quando disputa o Torneio Quatro Nações, em Brasília (DF), de 27 a 29 de novembro, com as equipes da Argentina, Eslovênia e a Sérvia, atual vice-campeã Mundial.
Depois disso, as 16 convocadas pelo técnico Morten Soubak embarcam para a Dinamarca, onde vão defender o título mundial da modalidade.

Anúncios