Arquivos para categoria: Handebol de Areia

O Brasil conquistou duas medalhas de ouro no handebol de areia dos World Games, neste sábado (29). Enquanto a Seleção Feminina bateu a Argentina por 2 sets a 0 para faturar o primeiro lugar no pódio, a Masculina venceu a Croácia por 2 a 1. As duas equipes defendiam os títulos garantidos em 2013, em Cali, na Colômbia.

0_BRA_WG_web3A partida feminina entre brasileiras e argentinas foi equilibrada, mas as donas do título conseguiram controlar bem o jogo e fecharam o placar em 2 sets a 0 (22-10 e 15-12).

Já no masculino, os croatas impuseram um pouco mais de resistência e venceram o primeiro set. Depois, a equipe verde e amarela mostrou toda a experiência em decisões e venceu o segundo set. No shootout, a Seleção levou a melhor e conquistou o título. O placar foi 2 sets a 1 (22-28, 24-18 e 9-8)

Confederação Brasileira de Handebol comunica que, de forma atípica, as Seleções Brasileiras de Handebol de Areia viajaram à Polônia com recursos próprios, contando com doações de passagens, pela razão que, infelizmente, neste momento, a instituição não conta com recursos disponíveis para custear as despesas da viagem.

Masculino
Quarta-feira (26)
Brasil 2 X 0 Uruguai – grupo B
Qatar 2 X 0 Austrália – grupo B
Croácia 2 X 0 Egito – grupo A
Hungria 2 X 0 Polônia – grupo A
Brasil 2 X 0 Austrália – grupo B
Qatar 2 X 0 Uruguai – grupo B
Croácia 2 X 0 Polônia – grupo A
Hungria 2 X 0 Egito – grupo A
Quinta-feira (27)
Qatar 2 X 1 Brasil – grupo B
Austrália 2 X 0 Uruguai – grupo B
Polônia 2 X 0 Egito – grupo A
Hungria 2 X 1 Croácia – grupo A
Sexta-feira (28)
Brasil 2 X 0 Polônia – Quartas de final
Brasil 2 X 0 Hungria – Semifinais
Sábado (29)
Brasil 2 x 0 Croácia
Feminino
Quarta-feira (26)
Espanha 2 X 1 Argentina – grupo A
Noruega 2 X 0 Tunísia – grupo A
Taipei X Polônia 2 X 0 Taipei – grupo B
Brasil 2 X 0 Austrália – grupo B
Espanha 2 X 0 Tunísia – grupo A
Noruega 2 X 0 Argentina – grupo A
Brasil 2 X 0 Polônia – grupo B
Austrália 2 X 0 Taipei – grupo B
Quinta-feira (27)
Noruega 2 X 0 Espanha – grupo A
Argentina 2 X 0 Tunísia – grupo A
Austrália 2 X 1 Polônia – grupo B
Brasil 2 X 0 Taipei – grupo B
Sexta-feira (28)
Brasil 2 x 0 Tunísia – Quartas de final
Brasil 2 X 0 Espanha – Semifinais
Sábado (29)
Brasil 2 x 0 Argentina

Anúncios

Cada vez mais o handebol de areia brasileiro se torna popular e conquista os corações de jovens atletas de todo o País. Prova disso é a realização dos Campeonatos Brasileiros das categorias Cadete e Juvenil, a partir desta sexta-feira (25), em Niterói (RJ). As competições prometem agitar as areias da praia de São Francisco, com uma nova geração cheia de energia. Serão 97 jogos, durante três dias, com a participação de 30 equipes, tanto no masculino quanto no feminino. Uma boa amostra da força desta modalidade plástica e, ao mesmo tempo, divertida.

O handebol de areia está movimentando as praias brasileiras nos últimos meses e tem ganhado cada vez mais espaço. Para o diretor de handebol de areia da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), Stanley Mackenzie, a modalidade está em pleno crescimento e recebendo uma atenção especial para que as disputas conquistem ainda mais público e se espalhem por todo o Brasil.

“A expectativa é muito grande com a realização dessa primeira competição cadete. Nós já observamos alguns atletas, tanto no masculino quanto no feminino, do Norte e Nordeste, e fizemos uma clínica com as regiões Sul e Sudeste. Agora é o momento que vamos colocar em prática tudo aquilo que vimos com a garotada. Vamos poder observar como eles se comportam durante um período de competição”, revelou Stanley, lembrando da importância desse trabalho para o futuro das Seleções.

O principal objetivo é a disputa dos Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires, na Argentina, em 2018. “Será uma etapa longa e vamos até julho de 2017 trabalhar com isso. Com essa competição vamos tirar alguns meninos e meninas para começar a treinar para os Jogos Olímpicos da Juventude. Antes disso, temos campeonatos ainda muito importantes pela frente, como o Pan-Americano e o Mundial no ano que vem, na categoria adulta”, encerrou o coordenador.

Disputa – Pelo masculino, os times serão divididos em duas chaves, enquanto no feminino as disputas serão em grupo único. O juvenil masculino conta com dez times, divididos em duas chaves: na A jogam MHC, SG Handbeach, Fênnix, Z5 Handebol e APCEF/FHC; na B estão Niterói Rugby, CPH, IFPI, Grêmio CIEF e Arena. No cadete masculino o formato é o mesmo e a disputa conta com oito equipes: na chave A estão Niterói Rugby, AMBaNP/Guarujá, Z5 Handebol e IFPI; na B jogam MHC, CPH, SG Handbeach e APCEF/FGC.

No feminino, tanto no cadete quando no juvenil os jogos serão em chave única. Niterói Rugby, Clube Central, MHC, SG Handbeach, FHC/APCEF, Mogiano e IFPI são as equipes da categoria cadete, enquanto no juvenil são cinco times: FHC/APCEF, Niterói Rugby, Clube Central, Nacional SG e SG Handbeach.

Confira a programação no endereço:

http://bit.ly/2fcjO3C

Após o grande desafio entre Brasil, Uruguai e Estados Unidos, realizado há duas semanas, em Niterói (RJ), o handebol de areia continua movimentando as praias do País com toda a plástica e beleza características da modalidade. O foco agora é na terceira etapa do Circuito Brasileiro, que será disputada neste sábado (19) e domingo (20), na Praia de Caiobá, em Matinhos (PR). Amanhã serão os jogos da fase de grupos, enquanto no domingo (20) as partidas valem pela fase final.

A competição conta com equipes femininas e masculinas. Entre os homens serão dez equipes, divididas em dois grupos. Na chave C estão Niterói Rugby, NR Beach, AMHb Net System Brasil, Antonina e Santa Izabel. A chave D é composta Por APHA/Fundeporte Paranaguá, Rio Handbeach, São Gonçalo Handbeach, Cepraea e Grêmio Unipê.

No feminino o formato é o mesmo e a disputa também conta com dez times. Na chave A estão Rio Handbeach, Clube Central, Icaraí Handbeach, Copabeach Cepraea e Antonina. No grupo B estão Z5 Handebol, IDEC, Niterói Rugby, 360º nas Areias e APHA/Fundeporte Paranaguá.

Na primeira etapa, realizada em João Pessoa (PB), as equipes da casa lideraram as vitórias. A Apcef (PB) venceu entre as mulheres e o HCP (PB) entre os homens. Já na segunda, no Rio de Janeiro, Rio Handbeach foi o campeão feminino, e pelo masculino Niterói Rugby terminou na frente.

Confira a tabela no link abaixo:

http://bit.ly/2foetCi

Serviço
Local: Praia Caiobá, em Matinhos (PR)
Endereço: Avenida Atlântica, próximo ao número 1.800 – Matinhos (PR)
Data: 19 e 20 de novembro

285896_612536_image_web_
Os fãs do Handebol poderão ter uma verdadeira maratona da modalidade nos canais SporTV neste fim de semana. A emissora paga vai transmitir, ao vivo, o Torneio Quatro Nações de Handebol Masculino, que acontece nos dias 4, 5 e 6 de novembro em São Bernardo do Campo (SP). Mostrará também os jogos do Desafio Internacional de Handebol de Areia, que acontece em Niterói (RJ), reunindo as seleções brasileiras masculina e feminina da modalidade. Confira a agenda:

Sexta, 04/11
Torneio Quatro Nações de Handebol Masculino
17h25 – Chile x Cuba (ao vivo no SporTV 2)
19h25 – Brasil x Canadá (ao vivo no SporTV 2)

Sábado, 05/11
Desafio de Handebol de Areia em Niterói (RJ)
09h55 – Brasil x Uruguai – Feminino (ao vivo no SporTV 2)
10h55 – Brasil x EUA – Masculino (ao vivo no SporTV 2)

Torneio Quatro Nações de Handebol Masculino
16h45 – Canadá x Chile (ao vivo no SporTV 2)
18h55 – Brasil x Cuba (ao vivo no SporTV 2)

Domingo, 06/11
Torneio Quatro Nações de Handebol Masculino
09h55 – Brasil x Chile (ao vivo no SporTV)

Desafio de Handebol de Areia em Niterói (RJ)
15h00 – Brasil x Uruguai – Feminino (VT no SporTV 2)

hand areia.
As areias da Praia de São Francisco, em Niterói (RJ), irão receber grandes confrontos do handebol de areia neste fim de semana. O Brasil é a maior potência mundial da modalidade e fará a alegria do público mostrando um pouco desse esporte plástico e surpreendente ao lado de outras duas grandes feras.

No sábado (5), a partir das 10h, a Seleção Masculina do Brasil e dos Estados Unidos e a Feminina do Brasil e do Uruguai se enfrentam. No domingo (6), a arena será palco do desafio feminino entre Brasil e Uruguai, a partir das 9h30, com transmissão, ao vivo, no Esporte Espetacular, da TV Globo.

Tetracampeão mundial pelo masculino e tri pelo feminino, o Brasil está no topo do ranking da Federação Internacional de Handebol (IHF) nos dois naipes. As partidas deste fim de semana, contra dois adversários das Américas, serão uma ótima oportunidade para melhorar ainda mais o nível do handebol de areia no Continente. “Para nós, será um ganho enorme ter mais uma competição internacional aqui no Brasil. O handebol como um todo ganha com isso. Tenho certeza que valerá a pena assistir e todos vão se orgulhar da força do handebol de areia brasileiro”, comentou o diretor das Seleções de Handebol de Areia da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), Stanley Mackenzie.

Segundo o diretor, ambas as equipes estão preparadas para levantar a torcida em Niterói (RJ). No caso da feminina, que faz o duelo principal no domingo (6), o time está totalmente entrosado. “A base da nossa Seleção joga em João Pessoa, na Paraíba. Apenas duas vêm de outros Estados, mas, como estavam totalmente entrosadas no Mundial e participam constantemente do Circuito Nacional de Handebol de Areia, isso não será um ponto negativo. Com certeza, elas vão mostrar o quanto são boas no que fazem”, destacou Stanley, fazendo referência a Patricia Scheppa, que joga em São Paulo, e Carolina Braz, do Rio Grande do Norte.

O secretário de esportes de Niterói (RJ), Bruno Souza, conta que a cidade está muito satisfeita por ser palco dessas grandes partidas. “Niterói é uma referência na modalidade, revela talentos na quadra e na praia. Um evento internacional como esse serve para estimular ainda mais as próximas gerações a praticarem o esporte”, declarou.

As Seleções Brasileiras fazem o reconhecimento da arena nesta sexta-feira (4), às 16h, com a equipe feminina, e às 17h, com a masculina. Um pouco antes, às 15h, será a preparação do Uruguai. Os Estados Unidos fecham a programação de treinos, às 18h.

Troca de ingressos – Na sexta-feira (4), das 14h às 18h, na própria arena, será realizada a troca de ingressos para o jogo de domingo (6). A troca será feita mediante doação de um quilo de alimento não perecível, que será entregue à instituições carentes. A arena tem capacidade para 500 lugares. Já para as partidas de sábado (5), não haverá troca, ou seja, o público poderá assistir por ordem de chegada.

Serviço
Sábado (5), às 10h – Brasil x Estados Unidos (masculino) / Brasil x Uruguai (feminino)
Domingo (6), às 9h30 – Brasil x Uruguai (feminino)
Local: Praia de São Francisco, na Avenida Quintino Bocaiuva, 151, em Niterói (RJ)

288806_621988_image_web_

Mais uma vez, o Brasil se aproxima do topo no Mundial de Handebol de Areia. A edição de 2016 do maior campeonato da modalidade chega ao fim neste domingo (17) com as Seleções Masculina e Feminina na briga pelo ouro, em Budapeste, na Hungria. Entre os homens, o País busca o pentacampeonato, enquanto entre as mulheres a equipe vai brigar pelo tetra.

Amanhã, as meninas buscam o título na decisão contra a Espanha, às 13h (horário de Brasília). Já os homens, entram em quadra às 14h contra a Croácia.

Os dois garantiram a vaga nas decisões deste sábado (16), ao passar pelas semifinais. Enquanto o feminino venceu a Hungria por 2 a 0 (14-13 e 17-16). O masculino derrotou o Qatar por 2 a 0 (19 x 18 e 16 x 15). Na outra semifinal feminina, a Espanha venceu a Noruega por 2 a 1 (14-10, 19-15 e 12-14), e na masculina a Croácia passou pela Hungria por 2 a 1 (17-14, 12-21 e 11-10).

O técnico da equipe masculina, Antônio Guerra, lembrou que o Brasil enfrentou hoje a Croácia, em jogo válido pela segunda fase e venceu, mas que a final é diferente. “Está sendo uma competição super difícil. A temperatura caiu muito e isso é uma situação complicada, que tira a espetacularidade do jogo. Amanhã vamos repetir a final de 2014 contra a Croácia. Ganhamos deles hoje, mas amanhã na decisão é outro jogo. É uma situação totalmente diferente. Os dois já estavam classificados hoje e só iriam definir quem seria primeiro e segundo colocados da segunda fase. Cruzamos com o Qatar e eles com a Hungria. Amanhã será uma grande decisão. Está tudo muito bem com o grupo e estamos confiantes”, avaliou o treinador.

A técnica da Seleção Feminina, Rossana Marques, ressaltou o trabalho da equipe até chegar aqui. “Nossa classificação se deve a muita dedicação e trabalho, sem esquecer do valor da união e trabalho. Os 20 dias que ficamos em João Pessoa treinando três vezes por dia, superando dores, contusões, distância das famílias, chuva, sol, cortes, enfim, tudo contribuiu muito para que o grupo se unisse mais ainda. Chegamos aqui sabendo como iria ser difícil chegar ao nosso objetivo. Ainda falta a final e queremos muito este título”, revelou.

Tabela – Masculino
Horários de Brasília

Terça-feira (12)
Brasil 2 x 1 Egito
Brasil 2 x 0 Estados Unidos

Quarta-feira (13)
Brasil 2 x 0 Bahrein

Quinta-feira (14)
Brasil 2 x 1 Ucrânia
Brasil 2 x 1 Qatar

Segunda fase

Sexta-feira (15)
Brasil 1 x 2 Hungria
Brasil 2 x 0 Espanha

Sábado (16)
Brasil 2 x 0 Croácia

Semifinais
Croácia 2 x 1 Hungria
Brasil 2 x 0 Qatar

Final
12h – Qatar x Hungria (bronze)
14h – Brasil x Croácia (ouro)

Tabela – Feminino
Horários de Brasília

Terça-feira (12)
Brasil 2 x 0 Uruguai
Brasil 2 x 0 Taipei

Quarta-feira (13)
Brasil 2 x 0 Tunísia
Brasil 2 x 0 Polônia

Quinta-feira (14)
Brasil 2 x 0 Noruega

Segunda fase

Sexta-feira (15)
Brasil 2 x 0 Itália
Brasil 2 x 1 Hungria

Sábado (16)
Brasil 2 x 0 Espanha

Semifinais
Noruega 1 x 2 Espanha
Brasil 2 x 0 Hungria

Final
11h – Noruega x Hungria (bronze)
13h – Brasil x Espanha (ouro)

288606_621450_13619876_1041087582640526_8526327386867452044_n_web_

Renata Santiago, pivô (IHF/Divulgação)

As Seleções de Handebol de Areia continuam dando show no Mundial da Hungria, em Budapeste. Nesta quinta-feira (14), a equipe feminina venceu a Noruega por 2 sets a 0 (21-20, 26-18) e a masculina passou pela Ucrânia por 2 sets a 1 (26-8, 14-14, 9-8) e pelo Qatar, também por 2 a 1 (14-17, 21-18, 7-4). Com os resultados, os dois naipes se classificaram para a segunda fase da competição em primeiro lugar do grupo, invictos, com dez pontos.

Para a defensora da Seleção Feminina Darlene Soares, a partida contra a Noruega foi complicada, mas o Brasil soube se portar em quadra. “A Noruega é nossa antiga rival. Vencemos o primeiro set, mas erramos algumas situações táticas e isso fez com que o set fosse decidido no gol de ouro. Já na segunda parcial corrigimos os nossos erros e impomos nosso jogo. Foi uma boa partida”, analisou.

Na próxima fase, a Seleção Masculina vai enfrentar os três melhores colocados do grupo B. Nesta sexta-feira (15), o Brasil encara a Hungria, às 7h30 (horário de Brasília), e a Espanha, às 14h. Já no sábado (16), os meninos medem forças com a Croácia, às 7h30.

Ponta da Seleção Masculina, Nailson Amaral destacou a preparação do Brasil para não ser surpreendido nessa fase decisiva. “Nos classificamos em primeiro da chave e isso nos dá uma certa tranquilidade. A Hungria está em casa e virá com tudo para nos vencer, mas estamos preparados. Treinamos muito para não deixar ninguém nos vencer e amanhã vamos nos doar ao máximo nas partidas”, afirmou.

Pelo feminino, os próximos adversários serão as três melhores seleções da chave A. Na sexta-feira (15), a equipe pega a Itália, às 5h, e depois a Hungria, às 16h30. Enquanto isso, no sábado (16), às 6h40, o confronto é diante da Espanha.

De acordo com Darlene, a partir da segunda fase, o nível da competição cresce muito e o Brasil não terá uma tarefa tranquila. “Nesse Mundial as equipes estão bem fortalecidas. Na próxima fase não teremos mais jogos fáceis, agora só vem ‘pedreira’. São os seis melhores times do Mundo. Porém estamos bem treinadas e preparadas para defender o título mundial”, concluiu a atleta.

Tabela – Masculino
Horários de Brasília

Terça-feira (12)
Brasil 2 x 1 Egito
Brasil 2 x 0 Estados Unidos

Quarta-feira (13)
Brasil 2 x 0 Bahrein

Quinta-feira (14)
Brasil 2 x 1 Ucrânia
Brasil 2 x 1 Qatar

Segunda fase

Sexta-feira (15)
7h30 – Brasil x Hungria
14h – Brasil x Espanha

Sábado (16)
7h30 – Brasil x Croácia

Tabela – Feminino
Horários de Brasília

Terça-feira (12)
Brasil 2 x 0 Uruguai
Brasil 2 x 0 Taipei

Quarta-feira (13)
Brasil 2 x 0 Tunísia
Brasil 2 x 0 Polônia

Quinta-feira (14)
Brasil 2 x 0 Noruega

Segunda fase

Sexta-feira (15)
5h – Brasil x Itália
16h30 – Brasil x Hungria

Sábado (16)
6h40 – Brasil x Espanha