318506_721612_brasil_coreia_web_

O Brasil foi superado pela Coreia do Sul, nesta terça-feira (8), na estreia do Mundial Juvenil Masculino de Handebol, na Geórgia. Os asiáticos levaram a melhor por 35 a 33 (18 a 18 no primeiro tempo).

A equipe brasileira começou na frente no primeiro tempo, sofreu a virada e ainda buscou o empate antes do intervalo. Na volta para o segundo tempo, as duas seleções se alteraram na liderança, mas, nos minutos finais, os sul-coreanos abriram vantagem de dois gols e administraram a diferença até o final.

O técnico Washington Nunes falou sobre os pontos positivos e negativos do primeiro jogo. “Foi uma estreia difícil, porque os meninos sentiram um pouco de pressão na estreia. No primeiro tempo, conseguimos, em parte do jogo, ter uma superioridade. A defesa trabalhou muito bem, saíamos para o contra-ataque e jogamos bem ofensivamente. A partir daí, houve um equilíbrio maior, e, infelizmente, o nosso trabalho de defesa um contra um teve bastante dificuldade, os jogadores da Coreia conseguiram fazer ultrapassagens e, consequentemente, muitas exclusões, o que deixou o jogo mais equilibrado”, disse o treinador, que elogiou o ataque da Seleção.

“Estou bem feliz com a construção ofensiva, porque a gente tinha que fazer um trabalho muito forte sobre uma defesa aberta e conseguimos isso. Os meninos conseguiram desenvolver um bom jogo ali, mas, infelizmente, em alguns momentos capitais, a gente teve alguns erros de finalização que nos custaram uma derrota”, acrescentou.

A equipe brasileira integra o grupo C ao lado da Coreia, da Argentina, Croácia, Portugal e Polônia, substituta da Venezuela, que desistiu de disputar a competição por conta da crise política.

A Seleção volta a jogar na quinta-feira (10), quando enfrenta a Polônia, às 13h (de Brasília). Para a próxima partida, Washington planeja melhorar a defesa. “Temos que fazer correções na defesa e acreditamos que o sistema defensivo pode evoluir bastante. E, ofensivamente, é tentar manter o que a gente fez, aumentar a característica de ataque, porque a construção foi boa e o número de gols também foi bastante significativo, só que a eficiência foi ruim”, afirmou.

Gols do Brasil: Pedro (7), Edney (5), Guilherme Torriani (4), Gustavo (3), Paulo Vinícius (3), Leandro (3), Aleffer (2), Ronaldo (2), Guilherme Borges (2), Leonardo (1) e Tarcísio (1).

Programação – grupo C

*Horario de Brasília 

Terça-feira (8)
Croácia 30 x 30 Portugal
Polônia 26 x 22 Argentina
Coreia do Sul 35 x 33 Brasil

Quinta-feira (10)
9h – Portugal x Argentina
11h – Coreia do Sul x Croácia
13h – Polônia x Brasil

Sexta-feira (11)
9h – Croácia X Polônia
11h – Argentina X Brasil
13h – Portugal x Coreia do Sul

Domingo (13)
9h – Argentina x Coreia do Sul
11h – Brasil x Croácia
13h – Polônia x Portugal

Segunda-feira (14)
9h – Polônia x Coreia do Sul
11h – Brasil x Portugal
13h – Croácia x Argentina

Quarta-feira (16)
Oitavas de final

Quinta-feira (17)
Quartas de final

Sábado (19)
Semifinal

Domingo (20)
Final

Anúncios