O Brasil fechou a participação no Mundial Júnior Masculino de Handebol com a 18ª colocação. Nesta quinta-feira (27), a equipe fez o último jogo do campeonato, disputado na Argélia, contra o Egito e foi superado por apenas um gol: 28 a 27 (16 a 14 no primeiro tempo). A partida valeu pela Presidents Cup, que definia as posições de 17° a 24° lugares.

317564_718774_image_web_

A última partida da competição foi bastante disputada, os adversários garantiram uma pequena vantagem no primeiro tempo, mas os brasileiros não desistiram em nenhum momento e levaram o jogo igualado todo o tempo. Mais uma vez, a defesa foi o diferencial do time.

Segundo o técnico Hélio Lisboa Justino, o Helinho, a avaliação geral foi positiva, apesar do Brasil não ter avançado às oitavas de final como era o planejado. “A equipe se comportou muito bem, principalmente na parte defensiva. Cometemos erros em alguns jogos, mas defensivamente fomos muito bem. Na primeira fase terminamos como a melhor defesa da competição, junto com a Islândia. Isso mostra que o trabalho desenvolvido e a filosofia implantada defensivamente está correta”, pontuou.

“Acho que vamos aos poucos melhorando. De uma maneira geral, faço uma avaliação positiva apesar do resultado não ter sido o que queríamos, mas gostei do que o time apresentou no campeonato”, acrescentou.

Anúncios