O próximo desafio da seleção será diante da Tunísia, na quinta-feira (20)

316824_716501_image_web_

A estreia do Brasil no Mundial Júnior Masculino de Handebol da Argélia, nesta terça-feira (18), mostrou uma geração jovem e cheia de talento. Os primeiros adversários foram os espanhóis, últimos campeões europeus, que impuseram um duro embate. A equipe verde e amarela se saiu bem, mas não conseguiu segurar o placar e foi superada por 29 a 21 (15 a 9 no primeiro tempo).

Preparados para o estilo de jogo dos oponentes, os brasileiros fizeram bem a lição de casa e conseguiram aplicar uma boa defesa, com predominância do estilo 5:1, também usado pelos europeus. No entanto, o ataque não funcionou como deveria e fez a diferença já no primeiro tempo, quando os adversários conseguiram abrir seis gols. Na segunda parte, o Brasil tentou manter o ritmo. Porém, com alguns erros importantes, perdeu grandes chances de reverter o placar.

“Começamos bem nos primeiros 15 minutos. A partir dos 20 do primeiro tempo, caímos um pouco em consequência de algumas trocas. Quem entrou não manteve o mesmo ritmo. Isso deu uma diferença de seis gols no intervalo”, comentou o técnico da seleção brasileira, Hélio Lisboa Justino.

“Quando voltamos para o jogo, a vantagem se manteve, mas nós erramos muito nas finalizações. Criamos várias opções, deixamos os jogadores em posição de um contra o goleiro, mas o goleiro deles acabava defendendo. Essa foi a principal diferença. Conseguimos defender e roubar bolas, como estamos acostumados defensivamente, mas pecamos um pouco nas finalizações”, continuou Helinho.

As duas equipes fazem parte do grupo C, junto com Burkina Faso, Macedônia, Tunísia e Rússia. Na mesma chave, a Tunísia derrotou Burkina Faso por 50 a 17. Os tunisianos são os próximos adversários do Brasil, na quinta-feira (20), às 12h (horário de Brasília).

No grupo A do Mundial, estão Alemanha, Chile, Coreia do Sul, Hungria, Ilhas Faroé e Noruega. Na chave B, Dinamarca, Egito, Eslovênia, França, Qatar e Suécia. E Argélia, Argentina, Croácia, Islândia, Kazaquistão e Marrocos compõe o grupo D.

Gols do Brasil – Leonardo Abrahão (8), André (3), Leonardo Dutra (3), Marcio (2), Guilherme (2), Gabriel (2) e Edney (1). Gols da Espanha – Gomez Abello (7), Odriozola (5), Dujshevaev (4), Marquez Coloma (2), Muñoz de la Peña (2), Castro Pena (2), Fernandez Alonso (2), Folques Ortiz (2), Fernandez Fernandez (2) e Nieto Marcos (1).

Programação – grupo C
*Horário de Brasília

Terça-feira (18)
Espanha 29 x 21 Brasil
Tunísia 50 x 17 Burkina Faso
10h – Macedônia x Rússia

Quinta-feira (20)
12h – Brasil x Tunísia
14h – Rússia x Espanha
16h – Macedônia x Burkina Faso

Sexta-feira (21)
10h – Brasil X Rússia
12h – Espanha X Burkina Faso
14h – Tunísia X Macedônia

Domingo (23)
12h – Tunísia X Rússia
14h – Macedônia X Espanha
16h – Burkina Faso X Brasil

Segunda-feira (24)
10h – Espanha X Tunísia
12h – Burkina Faso X Rússia
14h – Macedônia X Brasil

Quarta-feira (26)
Oitavas de final

Quinta-feira (27)
Quartas de final

Sábado (29)
Semifinais

Domingo (30)
Finais

Anúncios