288093_619697_13615121_1041060545942222_3564538752892016492_n_web_A Seleção Júnior Feminina de Handebol terminou a disputa do Campeonato Mundial da categoria na 11ª posição. A equipe comandada pelo técnico Daniel Suarez, o Cubano, enfrentou a Espanha, nesta terça-feira (12), em Moscou, na Rússia, e venceu com o placar de 33 a 25 (15 a 11 no primeiro tempo) a decisão pela posição. Nas oitavas de final, o Brasil foi eliminado pela Noruega, que segue na busca pelo título e pega as donas da casa nas quartas de final ainda hoje.

O objetivo da equipe era superar a melhor posição do País na competição, o nono lugar obtido em 2005. Mesmo que esta meta não tenha sido alcançada, as brasileiras ainda conseguiram melhorar o resultado da última edição. “Foi um 11º lugar muito importante para melhorarmos a posição do último Mundial de 2014, que foi o 15º lugar. Acho que a equipe se comportou bem, jogou bem a maioria das partidas. Só não conseguimos nas oitavas de final. Acho que estamos no caminho certo. Estamos em evolução, em uma crescente”, avaliou Cubano.

A armadora direta Bruna de Paula afirmou que o grupo pretendia ir muito mais longe. “O objetivo maior era levar uma medalha para o País. Tentamos, fizemos de tudo, mas infelizmente não deu.” Bruna foi o destaque brasileiro e a artilheira da equipe com 54 gols, mas garante que não teria conseguido se não fosse o trabalho em conjunto. “Agradeço o incentivo e apoio de todos. Sem a equipe não conseguiria esse resultado.”

Anúncios