A Seleção Júnior Feminina de Handebol está pronta para o compromisso mais importante do ano. Nesta sexta-feira (1), as brasileiras embarcam para Moscou, na Rússia, onde disputam o Mundial da categoria, de 3 a 15 de julho. O Brasil está no grupo B, ao lado de Coreia do Sul, Croácia, França, Tunísia e Áustria. Na chave A estão as seleções da Dinamarca, Hungria, Montenegro, Noruega, Angola e Uzbequistão. Já o grupo C é composto por Romênia, Alemanha, Espanha, Argentina, Egito e Cazaquistão. Por fim, na chave D estão Rússia, Suécia, Holanda, Japão, China e Chile.

287356_617198_13533024_830328487102270_6504758043733246254_n_web_
Depois de uma fase de treinos intensa no Centro Nacional de Desenvolvimento do Handebol, em São Bernardo do Campo (SP), com cinco amistosos contra equipes adultas – o último deles com vitória sobre o CEPE/Santos (SP), por 30 a 18 – a Seleção Júnior chega ao Mundial com o objetivo de fazer história. A base da equipe é a mesma que conquistou os Pan-Americanos Juvenil de Fortaleza (CE), em 2014, e o Júnior de Foz do Iguaçu (PR), em março deste ano, além de ficar com o sétimo lugar no Mundial Juvenil da Macedônia, em 2014, melhor posição das categorias de base no torneio.

Para o treinador da Seleção Júnior, Daniel Suarez, o Cubano, a equipe está em plenas condições de trazer um bom resultado para o Brasil. “Primeiramente, o nosso objetivo é melhorar a nossa última colocação no Mundial Júnior (15º lugar), depois conseguir a melhor posição da história da categoria (9º lugar), sempre buscando evoluir a cada jogo. Estamos treinando desde janeiro para este momento e acredito que o time está pronto para o Mundial”, comentou.

Sobre o grupo do Brasil, Cubano enalteceu os adversários e disse que o Brasil não terá tarefa fácil. “Todos os adversários da chave são difíceis. Além de serem boas Seleções e com características distintas, elas têm tradição no esporte, mas estamos preparados. Vamos subir um degrau de cada vez, pensando jogo a jogo”, concluiu o treinador.

O Brasil estreia no Mundial da Rússia neste domingo (3), às 4h (horário de Brasília), contra a Coreia do Sul, no Krylatskoye Sports Palace.

Programação de jogos do Brasil
Horário de Brasília

Domingo (3)
4h – Brasil x Coreia do Sul

Terça-feira (5)
10h – Brasil x Croácia

Quarta-feira (6)
8h – Brasil x Tunísia

Sexta-feira (8)
14h – Brasil x Áustria

Sábado (9)
14h – Brasil x França

Seleção Júnior Feminina

Goleiras: Alice Fernandes da Silva (Pinheiros-SP) e Maitê de Lima Dias (Apahand/UCS/Caxias-RS).

Centrais: Daniele de Santana (Português/AESO-PE) e Gabriela Romero Moraes (Pinheiros-SP).

Armadoras: Bruna de Paula (Instituto Buzzo Sport/São José dos Campos-SP), Cecília Mouzinho (Clube Português/AESO-PE), Juliana Lima (Apahand/UCS/Caxias-RS), Mariane Fernandes (São Bernardo/Metodista-SP) e Talita Alves Carneiro (AAU – Handebol Concórdia-SC).

Pontas: Aline Bednarski (Hebraica-SP), Ana Claudia Bolzan (AAU – Handebol Concórdia-SC), Ana Luiza Borba (AAU – Handebol Concórdia-SC), Marilene de Souza (Instituto Buzzo Sport/São José dos Campos-SP) e Nicole Luz Damascena (Pinheiros-SP).

Pivôs: Camila Maia (Português/AESO-PE) e Lígia Costa (Pogon Szczecin-Polônia).

Comissão técnica
Técnico: Daniel Suarez “Cubano”
Auxiliar técnico: Isaias Oliveira
Treinadora de goleiras: Camila Dionizio
Preparador físico: Fausto Steinwandter
Fisioterapeuta: Eduardo Ruhling
Supervisora: Cláudia Monteiro do Nascimento

Anúncios