285896_612536_image_web_De forma tranquila, o Brasil somou a terceira vitória no Pan-Americano Masculino de Handebol, nesta segunda-feira (13). Em Buenos Aires, na Argentina, a equipe do técnico Jordi Ribera vem fazendo ótimos jogos e hoje passou facilmente pela Colômbia, fechando o placar em 42 a 10 (21 a 7 no primeiro tempo). A equipe segue na ponta da chave B, com seis pontos, bem encaminhada para a busca do terceiro título da competição, que serve também como aquecimento para os Jogos Olímpicos do Rio.

Com um primeiro tempo muito tranquilo para o Brasil, o treinador viu a oportunidade perfeita para colocar em prática alguns recursos permitidos pelas novas regras da modalidade como o uso do goleiro linha. O goleiro Rangel Rosa, que começou a partida em ação, deixou a quadra várias vezes para dar lugar a um jogador no ataque e a tática deu certo. Além disso, o frágil ataque colombiano, muitas vezes foi interrompido por uma defesa consistente, que não só não deixava a bola passar, mas também a roubava e partia para o contra-ataque.

285896_612534_image_web_

Ales Silva, pivô (Cínara Piccolo/Photo&Grafia)

Para Jordi, a competição continental tem sido perfeita para fazer experimento, já pensando em confrontos mais complicados na Rio 2016. “Como todas as coisas, temos que provar e é bom começar a experimentar com os jogos que são mais fáceis e pouco a pouco introduzir nos mais complicados. A regra existe e temos que aproveitá-lá dentro das possibilidades que temos. Hoje foi uma partida tranquila, em que os jogadores estiveram muito sérios ao longo dos 60 minutos. Não se fixaram no placar e se dedicaram tanto na defesa quanto no ataque e isso é bom”, analisou o técnico espanhol.

285896_612530_image_web_

Diogo Hubner, central (Cínara Piccolo/Photo&Grafia)

O armador direito Oswaldo Guimarães foi um dos mais acionados nos contra-ataques e também gostou da equipe em quadra hoje. “Foi um jogo bom. A equipe toda participou bem. Todo mundo teve seus minutos e acho que isso foi importante. Conseguimos provar diferentes defesas, além de poder praticar bastante a regra nova de colocar um jogador a mais tanto em igualdade quanto na inferioridade, então, isso foi muito positivo para dar ritmo de jogo para todo mundo, já que os próximos jogos aqui do campeonato vão ser mais complicados”, afirmou.

Para Oswaldo, o Brasil vai precisar estar ainda mais focado para os próximos confrontos contra Estados Unidos na próxima quarta-feira (15) e contra Uruguai na quinta-feira (16). “Acho que Estados Unidos já vem com uma escola diferente, com um jogo mais complicado , que pode ser bom para nos, jogar com uma dificuldade a mais nesse campeonato que ainda tem bastante jogos importantes”, finalizou.

Gols do Brasil: Borges (7), Chiuffa (7), Lucas (6), Oswaldo (5), Ales (5), Haniel (4), João Pedro (2), Léo (2), José Guilherme (2), Alemão (1) e Vinícius (1). Gols da Colômbia: Lamirault (4), Uribe (3), Arango (1), Arenas (1) e Mejias (1).

Tabela e resultados dos jogos do Brasil

Sábado (11)
Brasil 54 x 14 Paraguai

Domingo (12)
Brasil 38 x 24 Porto Rico

Segunda-feira (13)
Brasil 42 x 10 Colômbia

Quarta-feira (15)
17h – Estados Unidos x Brasil

Quinta-feira (16)
17h – Brasil x Uruguai

Sábado (18)
Semifinais

Domingo (19)
Final

Anúncios