Com muita energia, a Seleção Masculina de Handebol abriu a disputa do Campeonato Pan-Americano, em Buenos Aires, neste sábado (11). Diante do Paraguai, a equipe demonstrou grande qualidade no ataque e defesa e fechou o amplo placar em 54 a 14 (30 a 7 no primeiro tempo). A competição classifica três países para o Mundial, em janeiro, na França, e para o Brasil faz parte também da preparação para os Jogos Olímpicos.

285747_611955_image_web_

Fábio Chiuffa, ponta direita (Cínara Piccolo/Photo&Grafia)

Sem muita resistência dos paraguaios, os brasileiros trataram de colocar em prática o que estiveram treinando durante a última semana. Com um forte trabalho pelas pontas, rapidamente abriram o placar e impediram os adversários de colocar a bola na rede durante os primeiros 15 minutos. A esta altura, o placar já marcava 14 a 1. O ritmo seguiu forte e a equipe nacional fechou o primeiro tempo com um placar elástico.

No segundo tempo, o Paraguai cresceu um pouco e encontrou espaço na defesa brasileira, mas rapidamente, o Brasil retomou o ritmo e ampliou ainda mais a vantagem. O técnico Jordi Ribera conseguiu fazer um bom rodízio de jogadores, o que nesta reta final de preparação para o Rio 2016 é bastante importante.

285747_611956_image_web_

Diogo Hubner, central (Cínara Piccolo/Photo&Grafia)

Para o técnico, foi uma boa estreia, e uma grande oportunidade para colocar em prática algumas ações de jogo. “Na estreia sempre é importante que hajam poucos erros. Às vezes é difícil manter a concentração, mas hoje conseguimos isso. Fomos alternando diferentes coisas que havíamos trabalhado durante os treinamentos e acho que foi um bom trabalho para todos nós. Independente da diferença que foi muito ampla, conseguir colocar algumas coisas em prática sempre é importante para o futuro. Talvez, tenhamos cometido uns erros na defesa, principalmente quando trabalhamos 6 x 0, permitindo algumas reações de arremesso. Mas esse era o nosso primeiro jogo desde abriu e acho que foi bom”, analisou.

285747_611958_image_web_

Felipe Borges, ponta esquerda (Cinara Piccolo/Photo&Grafia )

O ponta Fábio Chiuffa foi o artilheiro do Brasil, com 11 gols. Ele afirma que foi um bom primeiro jogo para a equipe, que testou algumas novidades, de acordo com as novas regras, implantadas recentemente. “Acho que o nosso ponto forte foi o nosso contra-ataque e conseguimos colocar em prática algumas coisas novas como o goleiro linha, que é algo que também precisamos treinar. Acredito que as coisas saíram bem e conseguimos um bom resultado. Nosso time jogou bem”, resumiu.

Gols do Brasil: Chiuffa (11), Borges (9), Alemão (9), Lucas (4), Diogo (4), Léo (4), Oswaldo (3), Ales (3), Vinícius (3), Thiagus (2), Haniel (1) e José Guilherme (1). Gols do Paraguai: Victor Perez (4), Ever Salinas (3), Nelson Martínez (2), José Cazal (2), Luís Dias (1), Jorge Ramiro (1) e Amdo Aluam (1).

Tabela e resultados dos jogos do Brasil

Sábado (11)
Brasil 54 x 14 Paraguai

Domingo (12)
17h – Brasil x Porto Rico

Segunda-feira (13)
17h – Brasil x Colômbia

Quarta-feira (15)
17h – Estados Unidos x Brasil

Quinta-feira (16)
17h – Brasil x Uruguai

Sábado (18)
Semifinais

Domingo (19)
Final

Anúncios