Informações da assessoria da CBHb:
O Centro Nacional de Desenvolvimento do Handebol foi inaugurado nesta terça-feira (7), em São Bernardo do Campo (SP). Um marco para a modalidade, o espaço é o único no Brasil construído especialmente para o handebol e será utilizado tanto pelas Seleções Olímpicas quanto pelas categorias de base, ajudando imensamente na preparação de atletas e profissionais da área. O local recebeu o nome de prof. ‘José Maria Passos’, grande incentivador do handebol brasileiro, ex-diretor da Federação Paulista e dos clubes Mesc e Metodista.

A cerimônia contou com a presença do presidente da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), Manoel Luiz Oliveira, do prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, e do secretário de esportes da cidade, José Alexandre Pena Devesa.

284808_610786_img_5208_web_
O objetivo principal do Centro Nacional de Desenvolvimento é ser o espaço de referência do handebol do Brasil e das Américas, servindo para o treinamento e aprimoramento de todas as seleções nacionais da modalidade e profissionais envolvidos, além de promover o intercâmbio com outros países que poderão vir ao Brasil para treinamentos, contando com toda a infraestrutura necessária. O espaço será também a futura sede da Confederação Brasileira de Handebol, que irá se transferir de Aracaju (SE) para São Bernardo do Campo.

“Esse é um dos momentos mais felizes da minha vida como gestor. É a materialização de um sonho, que vai contribuir para o nosso desenvolvimento como um todo, já que trabalharemos todos os aspectos do handebol”, comemorou o presidente da Confederação Brasileira de Handebol, Manoel Luiz Oliveira. “Esse centro de treinamento específico, vinculado a uma Confederação, será um dos poucos no Mundo. Com certeza, vai contribuir para o desenvolvimento do handebol brasileiro”, frisou.

O dirigente lembrou do enorme salto de qualidade que a modalidade poderá dar em todos os níveis com a chegada do centro. “Vamos poder abrigar aqui um grande número de atletas, técnicos, árbitros e outros profissionais e proporcionar treinamento constante a eles. Há muito tempo, pela geografia e pelo alto nível de rendimento do handebol na região, tínhamos o sonho de trazer esse centro para cá. A ideia foi acolhida pela cidade e pelo Ministério do Esporte, que estão dando toda a infraestrutura necessária para que isso seja realizado”, acrescentou Manoel.

284808_610782_img_4781_web_

Seleção Masculina e o prefeito de SBC, Luiz Marinho (Cinara Piccolo/Photo&Grafia)

A cidade do ABC Paulista é um importante berço do handebol e possui a equipe mais vencedora da Liga Nacional Feminina, a Metodista/São Bernardo. Além disso, está geograficamente em vantagem, por ser próxima a aeroportos, o que reduz também custos de logística.

Para o secretário de esportes de São Bernardo do Campo, José Alexandre Pena Devesa, a chegada do Centro na cidade pode contribuir ainda mais para o desenvolvimento da modalidade, que já é tão difundida na região. “São Bernardo sempre trabalhou em prol do handebol brasileiro, desde as categorias menores, dos núcleos de desenvolvimento que nós sempre tivemos. Além disso, as equipes principais sempre estiveram entre as melhores do País. A inauguração do Centro de Handebol é mais uma contribuição para o desenvolvimento da modalidade, que está ganhando cada vez mais destaque no cenário nacional. Acho que esse trabalho em conjunto com a Confederação será de grande valia para o handebol brasileiro”, comentou.

O secretário acredita que São Bernardo do Campo irá ganhar muito com a presença do Centro, principalmente, na capacitação de profissionais e descoberta de novos talentos. “A partir do momento em que você está trabalhando no desenvolvimento nacional, também se estará trabalhando dentro do município. Com certeza, as questões técnicas da modalidade, os cursos técnicos, de arbitragem, tudo vai passar a ser feito em São Bernardo. Acho que a cidade vai ter acesso também às mais novas formas de treinamento e de técnicas, e isso vai contribuir muito para o desenvolvimento do handebol de alto rendimento e também na formação. Tudo vai acrescentar muito ao trabalho que já é feito em São Bernardo e todos têm a ganhar com esse compartilhamento das informações. Já temos dentro do complexo um CEU (Centro Educacional Unificado) com 5200 crianças, então, o público alvo para iniciação esportiva já está aqui”, acrescentou Devesa.

A construção conta com uma área total de 6,900 m² dividida em três blocos. Fazem parte da estrutura do Centro duas quadras, vestiários, restaurante, refeitório, academia, sala de fisioterapia, escritórios e alojamento para 132 pessoas, com capacidade para abrigar quatro Seleções ao mesmo tempo. Ao todo, foram investidos cerca de 14,5 milhões na construção, sendo 2,5 milhões da Prefeitura de São Bernardo de Campo e 12 milhões do Ministério do Esporte. Antigamente, no local funcionava o clube da Volkswagen, referência na região. Com a iniciativa da construção do Centro, a prefeitura cedeu o terreno que abriga também os centros de Ginástica e Atletismo.

“A importância desse Centro de Handebol é inegável para o País e para São Bernardo. A cidade sente muito orgulho de ser a sede da nossa Seleção Brasileira. O Centro de Treinamento está destinado a preparar a nossa equipe nacional. Isso é muita honra para São Bernardo”, disse o prefeito da cidade, Luiz Marinho.

O espaço ainda receberá os acampamentos regionais e nacionais, projeto que reúne dezenas de jovens atletas, técnicos, árbitros, fisioterapeutas e outros profissionais, vindos de várias regiões do Brasil, com o objetivo de unificar e padronizar o trabalho desenvolvido na base e ainda garimpar novos talentos. O projeto, realizado pela Confederação em parceira com o Ministério do Esporte, já é feito há anos em Blumenau (SC) e o resultado pode ser visto nas Seleções, pois atletas que fizeram parte dos acampamentos já defendem o Brasil e atuam no exterior.

Outro ponto de destaque de uso do Centro é que a CBHb também tem a meta de promover capacitação de profissionais de todas as áreas, plataformas de cursos à distância e presenciais para todos os profissionais da modalidade espalhados pelo Brasil.

A previsão é de que o Centro Nacional de Desenvolvimento recebe ainda neste mês uma fase da Seleção Adulta Masculina, que se prepara para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto.

Anúncios