A Seleção Júnior Feminina de Handebol encerrou no último fim de semana a penúltima fase de treinamentos antes do Mundial da Rússia, que será realizado de 3 a 15 de julho, em Moscou. Agora, o Brasil se reúne mais uma vez no final de junho, já com as 16 convocadas que vão ao Mundial para fazer os ajustes finais da equipe.

cubano

Daniel Suarez, o “Cubano”, técnico da Seleção Brasileira Junior Feminina (Foto Reprodução/Tche Esportes)

Para o técnico da Seleção Júnior, Daniel Suarez, o Cubano, os treinamentos após o título do Pan-Americano de Foz do Iguaçu (PR), em março, foram fundamentais para ajustar o time. “Houve uma evolução muito grande de lá para cá. Todas as meninas que foram convocadas mostraram que estavam empenhadas em participar do Mundial e se dedicaram muito em melhorar. Com isso, o nível das jogadoras cresceu bastante. Agora temos a difícil tarefa de escolher apenas 16 atletas para ir ao Mundial”, disse.

Na última fase de treinamentos, em Taubaté (SP), que contou com 18 atletas, o Brasil disputou dois amistosos contra as equipes adultas do Taubaté/FAB/Unitau (SP) e do Instituto Buzzo/São José dos Campos (SP), e saiu vitorioso nos dois encontros. De acordo com Cubano, esses resultados mostram a evolução da equipe. “Foi muito importante esses jogos-treino, pois colocamos as meninas em ritmo de jogo. Conseguimos ajustar as ações ofensivas e defensivas. Deu para corrigir muitas coisas na equipe e ainda vimos onde podemos melhorar até o Mundial. Além disso, rodamos todas as jogadoras e conseguimos duas vitórias sobre equipes adultas”, analisou Cubano.

O próximo encontro da Seleção Júnior Feminina está marcado para o período de 23 a 29 de junho. Após a fase de treinamentos, o grupo já embarca para Moscou, onde disputa o Mundial da Rússia.

Anúncios