A Seleção Juvenil Feminina de Handebol voltou a se reunir depois da conquista do Pan-Americano do Chile, em abril. As 22 atletas convocadas pelo técnico Cristiano Rocha voltaram à rotina de treinos com a Seleção e ficaram concentradas em Taubaté (SP), de 8 a 14 de maio, com foco voltado ao Mundial da categoria, que será disputado de 19 a 31 de julho, na Eslováquia.

283239_603487_img_7589

Cristiano Rocha, técnico da Seleção Juvenil (Divulgação)

Para Cristiano, o período de atividades foi aproveitado da melhor forma possível. “Taubaté é uma cidade ligada ao handebol e tentamos absorver tudo o que podíamos. Fizemos um amistoso com a equipe feminina da cidade e tivemos um treino específico com os atletas da equipe masculina e que também integram a Seleção Brasileira. Elas gostaram bastante dessa integração. Os jogadores mais experientes deram algumas dicas importantes para elas. Além disso, ainda tivemos dois treinamentos com o Morten Soubak, técnico da Seleção Adulta, para dar sequência à padronização do estilo de jogo de todas as categorias”, disse.

O treinador contou também que a equipe está ainda mais preparada e confiante depois da conquista do Pan-Americano Juvenil. “Foi o nosso primeiro encontro depois do título e as atletas estavam mais seguras do que tinham que fazer em quadra. Vi o grupo muito confiante. O título foi de grande valia para a autoestima delas. Mesmo as que não foram para o Chile também entenderam bem a proposta de trabalho. No geral, os treinos foram bem produtivos em relação ao desempenho. Corrigimos algumas coisas que não foram tão boas no Pan-Americano. Está tudo no caminho certo para chegarmos bem no Mundial”, finalizou.

A Seleção Juvenil Feminina ainda tem mais duas fases de treinamento antes do Mundial da Eslováquia. A próxima está marcada para a segunda metade de junho. Em 2014, no Mundial da Macedônia, a equipe Juvenil ficou na sétima colocação, melhor posição da história da categoria.

Anúncios