Foi um jogo digno da rivalidade que Taubaté e Pinheiros vem construindo nos últimos anos. No último sábado, 14/05, mais uma vez as equipes se enfrentaram, desta vez pelo Super Paulistão Masculino de Handebol, e a vitória do Taubaté, por 22 a 21, veio depois de 40 minutos de jogo duríssimo.

No primeiro tempo, o Taubaté se impôs em quadra, mostrou boa atuação defenciva e aproveitando os contra-ataques, conseguiu abrir vantagem confortável no marcador. De ambos os lados, a forte marcação e as disputas de bola acabaram deixando o jogo nervoso, com algumas discussões e jogadas mais ríspidas.

Na saída para o intervalo, confusão entre jogadores e integrantes das comissões técnicas deixou o clima ainda mais quente. No segundo tempo, o Pinheiros jogou melhor, e conseguiu equilibrar a partida, encostando de vez no placar.

O Taubaté manteve o bom padrão de jogo e manteve-se à frente do marcador, mas até os últimos segundos, a disputa foi ferrenha. O Pinheiros ainda arrancou um gol nos instantes finais, mas ficou no 22 a 21 para o Taubaté.

Até mesmo depois dos times se cumprimentarem, e o delegado da FPHand anunciar o prêmio de melhor jogador da partida, que foi para o goleiro Rick, do Taubaté, o clima entre os dois times não era dos mais amigáveis. Mas ficou nisso.

Com a vitória, o Taubaté chega aos 11 pontos ganhos, em 6 jogos disputados até agora no estadual.

O próximo compromisso taubateano pelo Super Paulistão Masculino será apenas em 11 de junho, contra o São José, em casa. O Taubaté agora foca suas atenções na disputa do Campeonato Pan Americano de Clubes, que será disputado em Buenos Aires, na Argentina, de 25 a 29 de maio.

Feminino sofre nova derrota
Ainda no sábado, na preliminar, as equipes femininas de Taubaté e Pinheiros se enfrentaram pelo Super Paulistão da categoria. Quem acompanhou a partida pôde ver um confronto de altíssimo nível, bem disputado e com belas jogadas. O taubaté acabou derrotado por  20 a 24.

O Taubaté ocupa a 6ª colocação no estadual feminino. O próximo jogo será na próxima quinta feira, 19 de maio, contra a Metodista. O jogo será em Taubaté, no ginásio da Emecal, às 17h.

Campeã do Mundo em quadra
Destaque para a presença da armadora Mayara, do Pinheiros, que foi Campeã Mundial com a Seleção Brasileira em 2013.

Depois de graves lesões no joelho, a armadora retornou da Europa e está defendendo a equipe paulista, enquanto recupera a melhor forma física. Mayara é uma das jogadoras de confiança do técnico Morten Soubak, e deverá estar na lista final que disputará os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em agosto.

No jogo do último sábado, Mayara autuou por cerca de 10 a 15 minutos em cada tempo, e mostrou que está retomando o ritmo de jogo e a melhor forma física.

Anúncios