273422_570768_1979529_976687182399117_6260039896224613437_n_web_

Central João da Silva comandou o ataque brasileiro (Álvaro Bermejo)

A Seleção Masculina de Handebol fechou o torneio Memorial Domingo Bárcenas com vitória. Em partida emocionante, o Brasil venceu a Suécia por 28 a 25 (12 a 16 no primeiro tempo) neste domingo, 10/01, e ficou com o terceiro lugar no campeonato disputado no Ginásio Poliesportivo de Artaleku, em Irún, na Espanha.

A partida contra a Suécia começou muito equilibrada. Sempre com vantagem brasileira, as equipes disputavam gol a gol a liderança do placar, com destaques para o central João e para o armador esquerdo Léo. Porém, já no final do primeiro tempo, os europeus conseguiram passar à frente e ampliar a vantagem depois de criar rápidos contra-ataques, fechando o período em 16 a 12.

Na segunda etapa, o Brasil fez grande apresentação. Os fortes arremessos de nove metros começaram a entrar e deram mais confiança à equipe. Na parte defensiva, o goleiro Maik Santos entrou no jogo inspirado e parou o ataque sueco. Com a marcação encaixada a partir da metade do tempo, a Seleção foi tirando a diferença do marcador até virar o jogo aos 24 minutos, fazendo 26 a 25. Sem deixar o nível cair, o Brasil manteve a forte pegada até o final e fechou a partida em 28 a 25.

Um dos destaques da Seleção, o goleiro Maik Santos parabenizou a equipe e exaltou a postura do time. “Entramos em quadra com a proposta de fazer um jogo forte contra a Suécia. Apesar de perdemos o primeiro tempo por quatro gols, conseguimos equilibrar as ações na volta do intervalo. Estávamos atentos nos lances cruciais, viramos o jogo e mantivemos o equilíbrio defensivo e ofensivo. A equipe está de parabéns pelo jogo e pela vitória”, disse.

273422_570767_12540798_976687179065784_3528373259359921262_n_web_

Goleiro Maik Santos foi o destaque do Brasil no segundo tempo (Álvaro Bermejo)

Já o técnico do Brasil, o espanhol Jordi Ribera, elogiou o segundo tempo da Seleção, quando o Brasil fez 16 a 9 nos adversários. “No primeiro tempo a defesa não foi bem, nos sete minutos finais cometemos alguns erros e não conseguimos manter o bom nível de jogo. Já na segunda etapa, conseguimos ter consistência tanto no ataque quanto na defesa. Nos minutos finais roubamos muitas bolas e o ataque foi muito bem, o que foi fundamental para a virada”, afirmou. “O campeonato foi bom. Disputamos partidas muito fortes, evoluímos jogo a jogo durante o torneio e terminamos com uma vitória”, concluiu o treinador.

Campanha do Brasil no Torneio:
Brasil 23×27 Polônia
Espanha 37×30 Brasil
Brasil 28×25 Suécia

 

Anúncios