271985_566275_bbm_9575_web_
A final da Liga Nacional Masculina de Handebol promete ser emocionante. Taubaté Handebol e E.C. Pinheiros chegaram na decisão do campeonato de forma invicta e prometem fazer um grande jogo neste domingo (13), às 12h, no Centro Educacional Municipal Terapêutico Especializado (CEMTE) Madre Cecília, em Taubaté.

A diretoria do Taubaté Handebol pede que o público que comparecerá ao ginásio que chegue com antecedência. Não haverá cobrança nem troca de ingressos, a entrada é livre, porém, será respeitada a lotação de 500 pessoas no local. Uma vez que esta lotação seja alcançada, os portões serão fechados.

A partida terá transmissão ao vivo do SporTV2.
SporTV_2_logotipo

É o segundo ano consecutivo que as equipes se encontram na final da competição. O time da capital paulista tem cinco títulos da Liga Nacional, enquanto o clube do Vale do Paraíba é o atual bicampeão do campeonato. Neste ano, foram cinco confrontos entre as equipes, com três vitórias para o Taubaté e duas para o Pinheiros.

Por conta disso, o técnico do Taubaté, Marcus Tatá, acredita em mais um jogo equilibrado. “Com certeza o duelo será muito disputado. Final não tem favorito e tudo pode acontecer. O Pinheiros é uma equipe muito tática, com a defesa forte e o goleiro muito bom. O ataque é cadenciado e eles contam com o Wesley, que tem um arremesso muito efetivo”, afirmou o treinador. “Nossos objetivos de chegar nas finais foram alcançados. O título iria coroar um ano vitorioso e somar aos ouros do Paulista e do Pan-Americano. Seria a cereja do bolo”, disse.

Apesar de jogar em casa, Tatá descartou qualquer tipo de vantagem e exaltou a equipe adversária. “Nós ganhamos uma partida em São Paulo e eles uma aqui em Taubaté. Então a única vantagem de jogar em casa é não viajar, mas como as cidades são próximas, isso não vai existir. A torcida influencia mais no final do jogo, porém o time do Pinheiros é bem rodado, apesar de jovem, acostumado a atuar até fora do País e acho que não vão sofrer com isso. Eles já jogaram muitas vezes aqui”, avaliou Tatá.

Mesmo reconhecendo o grande adversário, o técnico do Pinheiros, Sérgio Hortelan, acredita que pode levar a equipe para o lugar mais alto do pódio depois de dois anos sem o título da Liga Nacional. “Sabemos que será difícil. O Taubaté tem uma equipe muito boa e vai disputar a final em casa, o que é uma vantagem para eles, porém a nossa equipe está centrada e sabe que pode desempenhar um bom papel. Já vencemos o Taubaté por duas vezes esse ano e acredito na nossa vitória no domingo”, declarou.

Disputa do bronze
Já pela disputa do terceiro lugar, Itajaí e Maringá também prometem partida equilibrada. Na Liga Nacional, as equipes se enfrentaram em duas oportunidades e cada uma conquistou uma vitória. A decisão do bronze será realizada no Complexo Esportivo da Unoesc, em Joaçaba (SC), no mesmo dia e horário da final.

Anúncios