Um empate com sabor de vitória abriu a participação do Brasil no Mundial Feminino de Handebol, neste sábado (5). Diante da Coreia do Sul, as atuais campeãs mundiais tiveram trabalho, mas no finalzinho conseguiram deixar tudo igual (24 a 24) e somar o primeiro ponto na competição. O primeiro tempo terminou 12 a 12 para as orientais. As duas equipes fazem parte do grupo C, que tem a primeira fase disputada em Kolding, na Dinamarca.

271432_564391_image_web_

Alexandra Nascimento, ponta marcou o gol de empate no segundo final (Wander Roberto/Photo&Grafia)

Um jogo de defesa forte desde o início não permitiu que nenhuma das equipes colocasse a bola no gol até os 4 minutos, quando a capitã Dara abriu o placar. A Coreia também fez o dela, mas então, as brasileiras embalaram com as defesas espetaculares da goleira Bárbara Arenhart e os ataques potentes de Duda Amorim. No entanto, as coreanas não desistiram fácil e aos 16 minutos passaram à frente: 6 a 5. Daí pra frente foi difícil para o Brasil. O jogo não fluía como de costume e a ‘correria’ das coreanas acabou complicando as coisas. As adversárias conseguiram furar a defesa brasileira e terminaram com vantagem na primeira parte.

Mais atento, o Brasil voltou para o segundo tempo disposto a mudar o placar, e conseguiu. Um série de bons ataques fizeram as atuais campeãs mundiais assumirem a liderança. Mas, as coreanas foram buscar novamente e com a defesa avançada dificultaram os contra-ataques brasileiros. Passaram à frente de novo e dominaram a partida na segunda metade do segundo tempo. Com duas a menos em quadra o Brasil sofreu para se recuperar, mas alcançou, e quando faltavam dois segundos para o final, garantiu o empate com um belo arremesso de Alexandra Nascimento.

CONFIRA GALERIA DE IMAGENS DA PARTIDA (Fotos: Wander Roberto/Photo&Grafia)


Bárbara foi eleita a melhor em quadra depois de ter um aproveitamento de 37% na defesa. Ela ressaltou o jogo complicado e o estilo diferente das orientais. “Somente Japão e China tem o mesmo estilo da Coreia. Acho que não vamos ter mais nenhum jogo como esse. Hoje foi emocionante. Jogamos como uma perfeita equipe. Erramos e acertamos, mas empatamos. Enfim, já passou. O que dá para levar de hoje é a nossa garra. Provamos que até o último segundo nós lutamos”, analisou a goleira.

Já Alexandra, que foi substituída ainda no primeiro tempo, revelou que não entrou muito bem na partida, mas que depois se superou quando retornou à quadra. “Não podemos esquecer que a Jéssica Quintino está jogando super bem. Ela está fazendo uma grande temporada na Liga dos Campeões na Europa. É uma menina super jovem, que no último Mundial acabou ficando fora por uma lesão. Ela está jogando um bolão e se eu não estava bem o técnico tem que trocar mesmo. Mas, no segundo tempo, consegui deixar a minha experiência fluir e fazer o gol do empate”, comentou a ponta direita.

A próxima partida do Brasil será na segunda-feira (7), às 13h (horário de Brasília), contra a República Democrática do Congo, que hoje foi derrotado pela Argentina por 23 a 15. No outro confronto do grupo C, a França venceu a Alemanha por 30 a 20.

Gols do Brasil: Ana Paula (7), Duda (4), Larissa (4), Dara (2), Alexandra (2), Jéssica (2), Deonise (2) e Daniela (1). Gols da Coreia do Sul: Ryu (7), Yura Jung (4), Jinyi Kim (3), Yoo (2), Choi (2), Jihae Jung (2), Gwon (2), Lee (1) e Yu (1).

Tabela de jogos do Brasil na primeira fase
*Horários de Brasília

Sábado (5)
Brasil 24 x 24 Coreia do Sul

Segunda-feira (7)
13h – República Democrática do Congo x Brasil

Terça-feira (8)
17h30 – Brasil x Alemanha

Quinta-feira (10)
13h – Argentina x Brasil

Sexta-feira (11)
15h15 – Brasil x França

Anúncios