270739_562315_2411_treinobra_047_web_

Ana Paula foi campeã do Mundial da Sérvia, em 2013 (Wander Roberto/Photo&Grafia)

A central da Seleção Feminina de Handebol Ana Paula Rodrigues Belo recebeu uma grande notícia antes do Mundial da Dinamarca. A atleta de São Luís (MA) foi eleita a melhor atleta de handebol do ano no Prêmio Brasil Olímpico, evento promovido pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), que premia o melhor de cada modalidade. Além de Ana Paula, os outros dois indicados do handebol foram Thiagus Petrus e Maik Santos.

“É uma sensação muito boa. Estou feliz por ter ganhado e muita gente me parabenizou. É um título muito importante para os esportistas brasileiros, onde só os melhores de cada modalidade são premiados”, comemorou a central de 28 anos, que foi indicada pelo segundo ano consecutivo para o Prêmio Brasil Olímpico. “A concorrência sempre é grande. Ano passado fui indicada com a Duda Amorim e com a Bárbara Arenhart. Agora, neste ano, o Thiagus está jogando muito bem na Europa, assim como o Maik está se destacando no Brasil”, emendou Ana Paula.

Como a maranhense, que está com a Seleção Feminina em Brasília (DF) para disputar o Torneio Quatro Nações, vai ao Mundial da Dinamarca em dezembro, ela não estará na solenidade de premiação, no próximo dia 15, no Rio de Janeiro (RJ). “É uma pena não estar lá para receber o troféu, mas temos o objetivo de buscar mais uma medalha no Mundial. Seria um título em equipe, o que é mais importante, para coroar o ano”, finalizou.

Em 2015, Ana Paula foi campeã nos Jogos Pan-Americanos de Toronto com o Brasil e campeã da Liga Romena pelo clube CSM Bucareste, sendo uma das destaques da competição. A atleta também esteve no título mundial inédito conquistado pela Seleção Feminina na Sérvia, em 2013.

Anúncios