A Molten, empresa japonesa que fabrica as bolas oficiais dos campeonatos Mundiais da Federação Internacional de Handebol, anunciou que está trabalhando num novo modelo de bola que não necessitará mais do uso de cola na mãos dos jogadores para ter aderência.

2906_IMG_20151107_133633[1]A bola foi apresentada por Kiyo Tamiaki, presidente da Molten, durante o Congresso Anual da Federação Internacional de Handebol, que aconteceu em Soshi, na Rússia.

Tamiaki explicou que a empresa começou a trabalhar no novo modelo de bola em 2014, a pedido do presidente da FIH.

Os protótipos da nova bola foram apresentados durante a disputa do Super Globe 2015, no Qatar, tendo uma resposta muito positiva. No entanto, um dos problemas que a nova bola apresentou é que ela perde a aderência à medida em que vai ficando molhada, algo bem comum durante um jogo de handebol. Segundo a fabricante, quando a bola perde aderência por conta do contato com suor dos atletas, basta que ela seja lavada, secada, e logo tornará a ter a aderência como se estivesse sendo segurada com a ajuda da tradicional cola.

Por hora, as bolas seguem em fase de desenvolvimento e ainda não serão usadas em competições oficiais. Mas a Molten promete trabalhar para que em breve a bola “pegajosa” seja uma realidade no handebol mundial.

Anúncios