Alexandra Nascimento salta para marcar para o Brasil

Alexandra Nascimento salta para marcar para o Brasil

A Seleção Feminina de Handebol fechou invicta a primeira etapa dos Jogos Pan-Americanos. Desta vez, as atuais campeãs mundiais derrotaram as mexicanas, por 34 a 19 (19 a 12 no primeiro tempo), no Centro de Exposições de Toronto, no Canadá.

Depois da última rodada dafase de classificação, as brasileiras já sabem quem será o adversário nas semifinais: será o Uruguai. O confronto valendo vaga na final acontece na próxima quarta-feira, 22/07, às 14h30 (horário de Brasília). A outra semifinal será entre Argentina e México, às 21h30 (hora de Brasília).

Ainda não há confirmação da geradora oficial do Jogos Pan Americanos se as semifinais terão transmissão pela TV.

O jogo contra o México
O Brasil enfrentou uma equipe de baixa estatura, com média de 1,68m de altura, e que tem como ponto forte a defesa. As brasileiras cometeram alguns erros de arremessos e de ataque, enquanto do outro lado as mexicanas estavam bem defensivamente e deram um pouco mais de trabalho dos que as adversárias anteriores: Porto Rico (38 a 21) e Canadá (48 a 12). Mesmo assim, o Brasil ficou o jogo inteiro à frente do placar e venceu com 15 bolas de vantagem.

O técnico Morten Soubak comentou que o estilo de jogo das mexicanas é bem diferente do das canadenses e das porto-riquenhas. “A base da equipe tem que mudar a cada dia, então sempre nos preparamos pensando no adversário. Hoje não conseguimos fazer um jogo defensivamente tão fechado e concentrado como fizemos contra o Canadá. As mexicanas foram muito espertas e realmente apresentaram dificuldade para nós. O placar foi elástico como nos outros dias, mas não estamos olhando somente para isso”, apontou o dinamarquês.

GALERIA DA IMAGENS DO JOGO (Fotos: Cinara Piccolo/Photo&Grafia)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para a pivô Elaine Gomes, a equipe melhorou o desempenho no segundo tempo. “Hoje nós cometemos alguns erros que não podíamos ter cometido. No intervalo, a gente conversou e conseguiu consertar essas falhas no final. Nós estamos melhorando a cada jogo e, pouco a pouco, as coisas estão se acertando dentro de quadra”, disse a atleta de 23 anos, que atualmente atua no Nykobing F. Handboldklub, da Dinamarca.

A artilheira do confronto foi a ponta direita Alexandra Nascimento, com oito gols. Pelo lado mexicano, o destaque foi Nashely Jaramillo, com três.

Gols do Brasil: Alexandra (8), Ana Paula (5), Fernanda (5), Samira (4), Deonise (3), Jéssica (3), Célia (2), Daniela (2), Amanda (1) e Elaine (1).

Seleção Masculina – Assim como as meninas, a equipe masculina segue sem sofrer nenhum resultado negativo. A última vitória veio sobre o Uruguai por 38 a 18 (16 a 11 no primeiro tempo), ontem. Os brasileiros fecham a primeira etapa contra a República Dominicana, amanhã, às 14h30.

Programação do Handebol Feminino (horários de Brasília)

Quinta-feira (16)
Brasil 38 x 21 Porto Rico
México 25 x 22 Canadá
Argentina 20 x 15 Uruguai
Chile 25 x 28 Cuba

Sábado (18)
Brasil 48 x 12 Canadá
Porto Rico 30 x 39 México
Cuba 27 x 25 Argentina
Uruguai 32 x 26 Chile

Segunda-feira (20)
Porto Rico 21 x 21 Canadá
Brasil 34 x 19 México
Uruguai 33×28 Cuba
Argentina 30×18 Chile

Quarta-feira (22)
12h: disputa do quinto ao oitavo lugar
14h30: semifinal
19h: disputa do quinto ao oitavo lugar
21h30: semifinal

Sexta-feira (24)
11h30: disputa do sétimo lugar
14h: disputa do quinto lugar
18h30: disputa do bronze
21h: final

Anúncios