Na próxima semana, a atual campeã Mundial volta a se encontrar para mais uma série de atividades. Neste domingo (23), a Seleção Brasileira Feminina de Handebol se reuniu para mais uma fase de treinamentos, em Málaga, e, na sexta-feira (28), começa a disputa do tradicional Torneio Internacional da Espanha, que está na 18ª edição, ao lado da equipe da casa, da Polônia e da Tunísia. Logo depois seguem para a Suécia para treinos e um amistoso contra as suecas.
240336_457599_img_6195 As atividades serão fundamentais, acima de tudo, para que o técnico Morten Soubak possa seguir com o forte trabalho de preparação e avaliação do grupo, que tem pela frente compromissos importantes deste ciclo, como os Jogos Pan-Americanos do Canadá, em julho de 2015, o Mundial da Dinamarca, em dezembro do ano que vem, e os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. Para mais esse compromisso, o treinador convocou 21 atletas, entre elas a pivô Fabiana Diniz, a Dara.

A capitã da equipe, atualmente no Nantes Loire Atlantique, da França, tem um carinho especial pelo País sede do quadrangular. “Eu amo a Espanha e poder voltar a jogar em terras espanholas é um imenso prazer”, comemora Dara, que já atuou pelo clube espanhol Balonmano Bera Bera.

Daniela Piedade, pivô

Daniela Piedade, pivô

Mais do que isso, Dara garante que conhecer bem o estilo de jogo das espanholas pode ajudar a equipe. A capitã acredita também em um torneio bastante equilibrado. “A Espanha tem a vantagem de jogar em casa, mas a Polônia e a Tunísia estão muito bem. Não vejo favoritismo”, constata.

As equipes participantes estão em momentos diferentes. Enquanto Espanha e Polônia estão próximas do início de um campeonato fortíssimo, que é o Europeu de Seleções, em dezembro, o Brasil não tem mais nenhum compromisso oficial em 2014. Então, agora, este é um momento de testar, de olho nos eventos de 2015 e 2016.

Fabiana Diniz, a Dara, é capitã da Seleção

Fabiana Diniz, a Dara, é capitã da Seleção

“Esses jogos e treinos servirão para a gente acertar e melhorar o que precisa. Sem dúvida vamos para ganhar, mas sempre conscientes do momento em que estamos. Acima de tudo, independente do resultado, espero que nossa Seleção dê mais um passo em busca da preparação para nossos grandes objetivos”, esclarece a capitã, que tem 33 anos e nasceu em Guaratinguetá (SP).

No Torneio Internacional, que será disputado no Pavilhão Municipal de Esportes Juan Gómez “Juanito”, todos jogam contra todos e aquele que mais pontuar será o campeão. As partidas têm início na próxima sexta-feira (28), às 16h (horário de Brasília), com o duelo entre Brasil e Tunísia. Às 18h, se enfrentam Espanha e Polônia. No sábado (29), às 13h, jogam Brasil e Polônia; e às 15h, Espanha e Tunísia. No domingo (30), o primeiro confronto será às 8h, entre Polônia e Tunísia, e às 10h tem Brasil e Espanha.

Torneio Internacional da Espanha – Tabela
(Horário de Brasília)

Sexta-feira (28)
16h: Brasil x Tunísia
18h: Espanha x Polônia

Sábado (29)
13h: Brasil x Polônia
15h: Espanha x Tunísia

Domingo (30)
8h: Polônia x Tunísia
10h: Brasil x Espanha

Seleção Brasileira Feminina

Goleiras: Bárbara Arenhart (HCM Baia Mare-Romênia), Jéssica Silva de Oliveira (Supergasbrás/UNC/Concórdia-SC) e Mayssa Pessoa (CSM Bucaresti-Romênia).

Pontas: Alexandra do Nascimento Martinez (HCM Baia Mare-Romênia), Célia Costa Coppi (Metodista/São Bernardo-SP), Fernanda França da Silva (CSM Bucaresti-Romênia), Jéssica da Silva Quintino (MKS Selgros Lublin-Polônia) e Samira Pereira da Silva Rocha (OGC Nice-França).

Armadoras: Amanda de Andrade (Supergasbrás/UNC/Concórdia-SC), Deonise Fachinello (CSM Bucaresti-Romênia), Eduarda Amorim Taleska (Gyori Audi Eto KC-Hungria), Jaqueline Anastácio (Ringkobing Handbold APS-Dinamarca), Karoline de Souza (Nykobing F. Handboldklub-Dinamarca) e Moniky Novais Bancilon (ES Besancon Feminin-França).

Centrais: Ana Paula Rodrigues Belo (CSM Bucaresti-Romênia), Francielle Gomes da Rocha (Hyppo No-Áustria) e Mayara Fier de Moura (Nykobing F. Handboldklub-Dinamarca).

Pivôs: Daniela Piedade (Siofok KC-Hungria), Elaine Gomes Barbosa (Nykobing F. Handboldklub-Dinamarca), Fabiana Diniz (Nantes Loire Atlantique-França) e Tamires Morena Lima de Araújo (FAB/Vila Olímpica/Manoel Tubino-RJ).

Comissão técnica
Técnico: Morten Soubak
Assistente técnico: Alex Aprile
Médica: Pauline Buckley Bittencourt Silva
Preparador físico: Aparecida da Rocha Pereira Alves
Fisioterapeuta: Marina Gonçalves Calister
Nutricionista: Júlia do Valle Bargieri
Psicóloga: Alessandra dos Santos Dutra
Supervisora: Rita Orsi

Anúncios