Em nome de toda a comunidade do Handebol, jogadores, treinadores e fãs da modalidade, expresso aqui meu repúdio ao comportamento da TV Record em relação às transmissões nestes Jogos Pan Americanos de Guadalajara 2011. Não só em relação ao Handebol, mas ao esporte brasileiro em geral. A emissora detém o monopólio das transmissões do Pan, e negou-se a repassar os direitos para outras emissoras, sejam abertas ou por assinatura.

Na noite do último domingo (23/10), enquanto a Seleção Brasileira Feminina de Handebol sagrava-se Tetra-Campeã Pan Americana, com uma bela vitória sobre a Argentina, a emissora transmitia um jogo da primeira fase do futebol masculino (jogo no qual o Brasil deu vexame e foi eliminado ainda na primeira fase).

Está ocorrendo, não só no Handebol, mas em todas as outras modalidades, uma inversão de prioridades e uma falta de discernimento na escolha dos eventos a serem transmitidos. Muitos eventos sequer são citados na programação da emissora, e a programação de fim de semana, por exemplo, é ridícula.

Um exemplo: Enquanto o Brasil conquistava 5 MEDALHAS DE OURO nas provas de vela, a emissora passava seus programas dominicais como se na mais estivesse ocorrendo, nem se dando ao mínimo trabalho de dar flashes ao vivo para informar as glórias obtidas pelos bravos atletas do Brasil.

Está acontecendo também o irritante fato da Record passar mais enevtos em Videotape do que ao vivo. Repetissões desnecessárias de eventos como Ginástica Ritmica e a final do Vôlei Feminino também ocuparam espaço que deveria ser de eventos ao vivo.

Em nome de todos os fãs de esporte que em 2011 estão sendo privados de uma transmissão e cobertura jornalística verdadeiramente profissional, fica o repúdio total à Rede Record, uma emissora de TV que tem intenções maléficas, muito dinheiros vindo dos fiéis de sua Igreja Universal do Reino de Deus e total falta de respeito com quem gosta do esporte brasileiro. FORA RECORD.

Anúncios