Arquivos para categoria: Mundial Masculino – Espanha 2013

espanha2013grandeNesta quarta-feira (16/01) as equipes dos grupos A e B fizeram a 4ª rodada da primeira fase, e mais seleções garantiram vaga antecipada nas oitavas de final. Brasil e Macedônia estão confirmadas no mata-mata.

Grupo A
Brasil 27×22 Tunísia
Alemanha 29×21 Montenegro
Argentina 23×35 França

Grupo B
Macedônia 29×29 Rússia
Chile x 23×31 Catar
Islândia 28×36 Dinamarca

Para tabela completa e classificação detalhada, acesse www.handballspain2013.com

Equipe brasileira vibra após vitória sobre a Tunísia, que garantiu vaga antecipada entre os quatri melhores do grupo A que passarão às quartas de final do Mundial

Equipe brasileira vibra após vitória sobre a Tunísia, que garantiu vaga antecipada entre os quatri melhores do grupo A que passarão às quartas de final do Mundial

O Brasil garantiu a vaga para as oitavas de final do Campeonato Mundial Masculino de Handebol. Com a final da quarta rodada, nesta quarta-feira (16), e a derrota da Argentina para a França (35 a 23), o Brasil está automaticamente classificado para a próxima fase. Por enquanto está na quarta posição do grupo A. O próximo jogo da equipe comandada pelo técnico espanhol Jordi Ribera será contra Montenegro, na próxima sexta-feira (18), no encerramento da primeira etapa.

O treinador afirmou que este é um ponto muito positivo para o trabalho da equipe, que se prepara para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016 e passa por um período de renovação. “Estamos muito contentes não só pela classificação, mas também porque estávamos no grupo da morte , com um nível muito alto. A classificação também foi importante para coroarmos esse trabalho de renovação que estamos fazendo”, avaliou Jordi.

Clique aqui e assista ao VT com os melhores momentos da vitória do Brasil por 27 a 22 sobre a Tunísia, na penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Mundial de Handebol Masculino, que está sendo disputado na Espanha.

ESPORTE INTERATIVO

180377_291099_brasil___tunez_by_santiago_russo_3__3_

Ataque brasileiro encara dura defesa tunisiana

O Brasil garantiu a segunda vitória no Campeonato Mundial Masculino de Handebol, nesta quarta-feira (16). Contra a Tunísia, a Seleção fechou o placar em 27 a 22 (13 a 11 no primeiro tempo), no Palácio de los Deportes de Granollers, na Espanha, e comemorou a excelente defesa, que possibilitou também boas jogadas de ataque. Com isso, a equipe, que vem conseguindo um crescimento técnico desde o início da competição, segue confiante na classificação para as oitavas de final. O Brasil faz o último jogo desta fase classificatória na sexta-feira (18), contra Montenegro, em Barcelona.

180377_291100_brasil___tunez_by_santiago_russo_3__2_

Diogo Rubner arremessa arremessa na vitória do Brasil sobre a Tunísia que valeu classificação antecipada para as oitavas de final do Mundial Masculino

A Tunísia abriu a partida na frente fazendo dois gols, mas o Brasil entrou em quadra muito bem e não demorou a descontar. Com as duas defesas bem postadas, o número de bolas na rede foi pequeno no início do confronto, mas os brasileiros conseguiram furar o bloqueio e passaram na frente, levando o jogo com um gol de vantagem por um tempo. Com rodizio de jogadores em quadra, a Seleção Nacional seguiu com a boa defesa do jogo anterior e também conseguiu encaixar o ataque, ampliando a vantagem em quatro gols.

Japa, eleito melhor jogador da partida

Japa, eleito melhor jogador da partida

Na segunda parte, a defesa foi novamente a protagonista, impedindo as investidas da Tunísia. A equipe adversária não conseguiu encaixar mais os ataques. O Brasil ditou o ritmo da partida, também com contra-ataques rápidos tanto pelas laterais quanto pelo meio. O goleiro Rick, que desta vez esteve em quadra todo o tempo, também defendeu ataques precisos da Tunísia. No final do segundo tempo, sempre com a vantagem no marcador, a Seleção trabalhou bastante as jogadas para não dar chances de recuperação aos oponentes, terminando bem a partida com a segunda vitória da competição.

Técnico Jordi Ribera vibrou muito com a vitória e se mostrou satisfeito com o rendimento da seleção brasileira

Técnico Jordi Ribera vibrou muito com a vitória e se mostrou satisfeito com o rendimento da seleção brasileira

A postura da equipe em quadra e as chances mais visíveis de classificação deixaram o técnico Jordi Ribera bastante confiante. “Estou muito contente com a vitória, pelo grupo e pelo que estamos trabalhando. Necessitávamos ganhar um jogo como esse para que a equipe passasse a acreditar mais nela mesma. Sabíamos que seria difícil contra a Tunísia, que está sendo a revelação do campeonato”, destacou. Mais uma vez, ele destacou a eficiência da defesa que impediu os contra-ataques dos adversários. Nosso sistema defensivo funcionou nos 60 minutos e isso nos ajudou a ter menos erros no ataque. A boa defesa também nos trouxe confiança, como na partida contra a França ontem.”

O amador Gustavo Nakamura, o Japa, foi o melhor jogador do confronto e marcou três gols. “Nosso desempenho me deixou muito feliz. Foi um jogo muito difícil, pois a Tunísia é uma equipe muito forte. A defesa foi muito importante para nossa vitória mais uma vez. Agora temos que pensar na próxima partida”, finalizou.

Momento de comemoração após a importante vitória do Brasil sobre a Tunísia

Momento de comemoração após a importante vitória do Brasil sobre a Tunísia

O artilheiro do confronto foi Kamel Alouini, da Tunísia, com seis gols. Pelo Brasil, Lucas foi quem mais colocou a bola na rede, anotando seis vezes.

Até agora, o Brasil ocupa o quarto lugar no grupo A, com quatro pontos, o mesmo número da Tunísia. Em caso de empate por pontos ao final de todas as rodadas, o primeiro critério de desempate é o confronto direto entre as equipes igualadas. Depois disso, o saldo de gols nos jogos disputados entre elas fará a diferença.

Gols – Brasil: Lucas (5), Zeba (4), Borges (4), Arthur (3), Japa (3), Vinícius (3), Thiago (2), Diogo (1), Thiagus (1) e Tchê (1). Tunísia: Alouini (6), Sanai (4), Ben Salah (4), Tej (2), Boughanmi (2), Toumi (1), Gharbi (1), Hosni (1) e Chouiref (1).

Tabela de jogos do Brasil na primeira fase

* Horário de Brasília

Sábado (12)
Brasil 23 x 33 Alemanha

Domingo (13)
Brasil 24 x 20 Argentina

Terça-feira (15)
Brasil 22 x 27 França

Quarta-feira (16)
Brasil 27 x 22 Tunísia

Sexta-feira (18)
17h45 – Brasil x Montenegro

Os Correios são o patrocinador oficial do Handebol do Brasil, a ASICS é a marca oficial de material esportivo e a Penalty a fornecedora de bolas.

espanha2013grandeDesculpem a demora mental deste blogueiro em divulgar tão importante e útil ferramenta para os fãs de handebol. O site da Federação Internacional de Handebol anuncia que é possível assistir a todos os jogos do Mundial Masculino, que está rolando na Espanha, por meio de um site oficial.

Basta acessar o site http://www.livehandball.tv/ e curtir o melhor do handebol internacional. Para muitos países a transmissão via internet é bloqueada, por conta de direitos de transmissão. Mas para o Brasil, o acesso aos jogos ao vivo é liberado. Aproveite.

espanha2013grandeHoje tem mais Mundial de Handebol Masculino. As equipes dos grupos A e B voltam à quadra, para a disputa dos jogos válidos pela 4ª rodada da primeira fase. O Brasil terá pela frente um jogo difícil, contra a Tunísia. Se vencer, o selecionado brazuca dará passo importante à classificação para as oitavas de final.

Lembrado que cada grupo tem 6 seleções, sendo que os 4 primeiros passam para as oitavas; os dois últimos disputam a President’s Cup, torneio que define o posicionamento final dos eliminados após a primeira fase.

O canal Esporte Interativo vai transmitir ao vivo hoje apenas o jogo do Brasil, às 13h (hora de Brasília).

Grupo A
13h00 – Brasil x Tunísia (TV: Esporte Interativo, ao vivo)
15h30 – Alemanha x Montenegro
17h45 – Argentina x França

Grupo B
12h45 – Macedônia x Rússia
15h00 – Chile x Catar
17h15 – Islândia x Dinamarca

Para mais informações, tabela completa e classificação dos grupos, acesse: www.handballspain2013.com

Thiago, armado do Taubaté que tem sido um dos principais novos nomes da seleção brasileira masculina de handebol em lance contra a fortíssima França

Thiago, armado do Taubaté que tem sido um dos principais novos nomes da seleção brasileira masculina de handebol em lance contra a fortíssima França

Ok, ok, perdemos. Mas não foi uma derrota acachapante como muitos pensavam que aconteceria quando o Brasil entrasse em quadra contra a supercampeã França, atual detentora do bi-campeonato olímpico e mundial. Eu, por exemplo, torcia para perdermos de pouco dos franceses.

A derrota por 27 a 22, ou seja, apenas 5 gols de diferença, mostrou que a renovação iniciada pelo treinador espanhol Jordi Ribera, que comanda a seleção brasileira, está se mostrando um acerto. Tanto na formação do time, quanto no perfil tático que o selecionado verde e amarelo tem apresentado.

Como enfrentar a França? Uma das melhores seleções do mundo? Jordi montou o time com uma formação diferente da que vinha iniciando os jogos no Mundial, apostou na marcação “5-1” e acertou na escolha.

Uma pena que nosso setor ofensivo não esteve numa boa noite, errou demais, e esbarrou no primeiro tempo numa atuação sensacional do goleiro francês Thierry Omeyer. Se tivéssemos sido mais eficientes na hora de converter os gols, talvez estivesse eu agora escrevendo um artigo de opinião sobre uma histórica vitória brasileira. Não é exagero.

De qualquer forma, eu como torcedor e entusiasta do handebol brasileiro e do time de Taubaté, minha cidade, fico feliz de ver os atletas do Handebol Taubaté fazendo bom papel no time de Jordi Ribera. Especialmente o ponta Lucas e o meia Thiago, que ontem foi um dos destaques do setor defensivo brasileiro. Parabéns rapaziada, e que contra Tunísia e Montenegro, consigamos as vitórias para carimbar a vaga nas oitavas de final.

Ronaldo Casarin, editor.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.